Dise terá reforço de ‘cão-policial’

divulgação

O pastor belga de malinois Eagle é o novo integrante do efetivo da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes). O filhote de apenas três meses está sendo treinado por um adestrador, que é referência no Estado, nesse tipo de trabalho. A unidade de Piracicaba será a única delegacia especializada entre os 52 municípios do Deinter-9, que passará a ter um cão de faro, que será usado pela Polícia Civil.
Atualmente, a Dise conta com o apoio do Canil do 10º BPM/I (Batalhão da Polícia Militar do Interior). A parceria vai continuar. “O Canil da PM sempre tem prestado um excelente apoio e tem nos atendido em todas as solicitações. Nosso trabalho em conjunto vai continuar. Mesmo quando nosso Eagle estiver pronto”, disse o delegado Demétrios Gondim Coelho, que responde pela Dise e também pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais).
A ideia de ter um aliado de peso no combate ao tráfico de drogas partiu do investigador Marcelo de Oliveira que considerou a necessidade da corporação ter seu primeiro cão. Ele conseguiu a doação do animal, que tem pedigree e deve custar em média de R$ 5.000. O cão foi cedido por uma criadora.

Confira a entrevista completa na edição desta quarta-feira (19)

(Cristiani Azanha)