Drinques da estação

Com a chegada da primavera o chef Henrique Campos dá dicas de bebidas que estão em alta. (Foto: Claudinho Coradini)

Os dias mais quentes anunciam piscinas liberadas, roupas mais curtas, aumento da sede e a necessidade de bebidas geladas e refrescantes. Sim, a primavera – tempo das cores, das flores e dos frutos – é o petisco do ‘calorão’ que nos aguarda daqui pra frente.

A nova estação também traz novos hábitos de vestimentas, programações de lazer e, claro, a alimentação. Para ajudar a manter o corpo refrescado o Boa Comida conversou com o chef Henrique Campos, do Viva! Lounge, que deu a lg umas sugestões sobre as bebidas que são tendências e que de quebra ajudam a amenizar a temperatura.

Henrique trabalha com bebidas que ha r mon i za m com as refeições e, apesar de acreditar que a escolha dos drinques são subjetivas para cada pessoa, em sua opinião, a primavera chega a ser mais quente por questões de sensações térmicas e suas opções de bebidas são mais refrescantes.

MANHÃ

“Para a parte da manhã recomendo um chá de infusões, que pode ser consumido gelado ou quente”, explica o chef. Cranberry, também conhecido como oxicoco, melissa, pimenta rosa e maçã desidratada. Uma bebida leve e saudável, perfeito para o estômago em jejum.

TARDE

Para o horário do almoço, momento mais quente do dia, a recomendação é um suco de uvas verdes, o mais natural possível podendo até esmagar a fruta para transformá-la em sumo, misturar com água de coco e colocar gengibre ou hortelã para maior refrescância.

Para Henrique esse tipo de bebida acompanha uma opção mais leve de pratos. Uma alternativa mais adulta para acompanhar o almoço é um gim-tônica.

“É importante também acompanhar o que a pessoa consome, se a refeição é mais pesada a bebida tem que harmonizar e ser também mais forte. Existe como equilibrar usando contrastes, mas estes mais incomuns até para a digestão do corpo”, explicou o chef.

NOITE

Com o clima mais ameno bebidas mais acaloradas são as opções perfeitas para a parte noturna na primavera.

Uma taça de vinho branco ou rosé são possibilidades doces e relaxantes após um dia de trabalho, ajudam a dormir e tem efeitos beneficentes ao corpo se consumido em doses pequenas. Em uma opção menos clássica a recomendação é uma bebida com base de pitaia vermelha, xarope de gengibre, limão e hortelã. Drinque inventado por um dos funcionários e carro-chefe do restaurante. O produto é denominado como ‘Alegria’ no local.

Larissa Anunciato
[email protected]