,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Deputados do Rio votam classificação indicativa para exposições de arte
  • Unimed homenageia ex-presidente da Cooperativa
  • TJ mantém proibição de novos comissionados

Idade mínima da mulher na transição crescerá 1 ano a cada biênio, diz relator
Agencia Estado
19/04/2017 11h02
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
O relator da reforma da Previdência na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), afirmou que seu parecer, que será lido nesta quarta-feira, 19, na comissão especial, terá uma alteração na regra de transição para mulheres. Segundo ele, a idade mínima inicial da transição começará em 53 anos e crescerá um ano a cada biênio. Na terça, a proposta dele previa que essa idade cresceria 11 meses a cada biênio. Em rápida entrevista ao chegar à Câmara, Maia afirmou também que a idade mínima para as trabalhadoras rurais será mantida em 60 anos, como comunicado por ele na terça. Como mostrou o Broadcast (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado) na terça, a bancada feminina na Casa, composta por 55 deputadas, sendo 42 da base aliada, promete pressionar o governo para reduzir a idade mínima das trabalhadoras rurais. O relator previu ainda que seu parecer possivelmente será votado na próxima semana na comissão especial da Câmara. Após a leitura do relatório nesta quarta, Arthur Maia já espera que a oposição peça vistas do documento por duas sessões, o que inviabilizaria o início da discussão e votação do parecer nesta semana.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar