,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Projetado por Paulo Mendes da Rocha, novo Sesc 24 de maio será aberto em agosto
  • Série do 'Fantástico' mostra médicos que 'driblam' dificuldades para salvar vidas
  • Maestro João Carlos Martins pede passagem para dois grandes talentos

Bolsas de NY sobem em sessão positiva para setor de energia e mineradoras
Agencia Estado
15/05/2017 18h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta segunda-feira, 15. Em dia de valorização mais forte do petróleo e alta também do cobre, as ações do setor de energia e das mineradoras receberam um impulso. O índice Dow Jones fechou em alta de 0,41%, em 20.891,94 pontos, o Nasdaq avançou 0,46%, para 6.149,67 pontos, e o S&P 500 teve ganho de 0,48%, a 2.402,32 pontos. O Nasdaq e o S&P 500 tiveram recorde de fechamento. O petróleo subiu na casa dos 2%, após autoridades da Arábia Saudita e da Rússia dizerem que apoiam a extensão por nove meses de um acordo para cortar a produção liderado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). O ministro da Energia saudita, Khalid al-Falih, e o ministro da Energia russo, Alexander Novak, defenderam a continuação da iniciativa até março do próximo ano. "Uma série de desequilíbrios que vimos nos mercados de petróleo começa a se estabilizar", afirmou Bruce Bittles, estrategista-chefe de investimentos da Baird. A perspectiva de que a produção da commodity esteja mais próxima do patamar de consumo levou a esse "rali de alívio no petróleo", segundo ele. As ações do setor de energia do S&P 500 subiram 0,6%. Transocean, Marathon Oil e Halliburton estiveram entre os melhores desempenhos. Papéis de companhias do setor de mineração também subiram, na esteira de um avanço dos metais básicos, após o presidente da China, Xi Jinping, se comprometer no fim de semana com mais de US$ 100 bilhões em novos financiamentos, como parte de uma grande iniciativa de infraestrutura em várias nações. As ações da Symantec, fabricante de um software antivírus, subiram 3,2%, após um ataque cibernético global atingir dezenas de países pelo mundo. Fonte: Dow Jones Newswires.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar