,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • The Who faz história no Palco Mundo
  • Rock In Rio termina com sequência de peso no Palco Mundo
  • Veja o que rolou no penúltimo dia do Rock in Rio

Contra a correnteza?
Ude Valentini
17/03/2017 11h06
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
O Governo Federal já dá como favas contadas a aprovação da Reforma da Previdência pela Câmara dos Deputados.
 
Ontem, em Frankfurt, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que a reforma será aprovada até maio.
 
As previsões de Meirelles foram apresentadas à imprensa um dia depois de protestos em todo o país contra as mudanças nas regras da aposentadoria.
 
Em entrevista ao canal de notícias CNBC, o ministro disse que o Brasil está caminhando na direção certa. Segundo ele, “as reformas estão ocorrendo”. Meirelles disse ainda que “todas as reformas devem ser aprovadas no segundo semestre deste ano”.
 
As falas do ministro da Fazenda são de otimismo, mas ainda um pouco longe da realidade brasileira. 
 
Ontem, a Diretoria Regional do Ciesp apresentou resultado do nível de emprego na indústria: queda de 0,86% em fevereiro devido ao fechamento de 350 postos de trabalho no mês.
 
De acordo com o diretor regional do Ciep Piracicaba, Álvaro Vargas, “o que tem nos surpreendido é a estagnação do setor da construção civil, que prejudica um melhor desempenho desta diretoria regional. Isso tudo acaba afetando a cidade que tem um setor de transformação muito forte”.
 
De qualquer forma, a sociedade está se mobilizando contra a Reforma da Previdência, mas se levarmos em conta a posição de inúmeros deputados, o povo brasileiro que é contra a reforma vai participar de uma rápida corrida contra a correnteza.
 
Esperemos que ninguém morra afogado.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar

19/09/2017 15h04 Sabrina Franzol Na expectativa
15/09/2017 12h01 André Thieful Vai uma propina?