,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Deputados do Rio votam classificação indicativa para exposições de arte
  • Unimed homenageia ex-presidente da Cooperativa
  • TJ mantém proibição de novos comissionados

Visita musical
Rubens Vitti Jr.
18/04/2017 12h07
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 

Mais de 1.000 crianças piracicabanas terão a sorte grande de ter uma aula diferente durante o período escolar.

A partir de hoje, a OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba) inicia o projeto Música nas Escolas, que até o fim do ano visita 21 unidades do ensino municipal para levar conhecimento musical, curiosidades e diversão.

Os primeiros bairros visitados serão Cruz Caiada, Parque Orlanda e Santa Rosa e a parceria é com a Secretaria Municipal de Educação. Muitas dessas crianças sequer ouviram música clássica alguma vez na vida ou viram alguns dos instrumentos utilizados para a execução das músicas.

O objetivo é levar o fomento à boa arte e desencadear um gosto na criança para que possa nascer dali uma sementinha, germinando conhecimento e interesse não só pelo universo erudito, mas em artes em geral.

Um quarteto de cordas, madeiras e metais é responsável por essa missão especial que tem duração de 50 minutos.

Obras são apresentadas e os instrumentos tocados com melodias conhecidas, de temas de filmes ou até mesmo de comerciais.

A parte mais legal é que as crianças ainda formam uma fila para tocar em um violino ou violoncelo, por exemplo, e sentir a textura fibrosa de suas cordas, atiçando os sentidos completamente.

A prova que a iniciativa tem dado certo é que desde 2015, quando Jamil Maluf, regente titular da OSP, teve a luz de promover esta atividade com o corpo artístico, foram 8.000 crianças da rede municipal de pelo menos 40 bairros beneficiadas com o programa.

Algumas crianças podem ter se interessado mais pela música, outras podem ter levado a família para um concerto gratuito no Teatro do Engenho, não sabemos, mas a música tocou cada “piracicabaninho” que cruzou o caminho destes excelentes profissionais.

Certamente, a vida deles nunca mais foi a mesma.

 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar

17/10/2017 14h24 André Thieful Insistência
10/10/2017 18h21 André Thieful Um sonho barrado
07/10/2017 10h00 André Thieful Ousadia