,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Polícia Civil apreende 74 quilos de maconha
  • Artistas homenageiam Gilberto Gil em seu aniversário de 75 anos
  • Savegnago inaugura supermercado em julho

Indústria da multa ou desrespeito?
Rubens Vitti Jr.
28/05/2017 06h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Vamos aos dados: arrecadação com autuações de trânsito cresce 57% de janeiro a abril em Piracicaba, gerando uma receita de R$ 4,6 milhões. Excesso de velocidade e avanço de sinal são as infrações mais cometidas no trânsito. Logo, muitos acabam afirmando que estamos vivendo a “indústria da multa”. Mas seria uma indústria ou nós ainda não aprendemos a viver em comunidade? 
 
Respeitar as regras de trânsito nada mais é que respeitar a si e ao próximo. Quando se desrespeita, está colocando em risco todos que também estão juntos nas vias, seja pedestre ou motorista. As multas são consequência ao desrespeito às regras. Se não desrespeitou, não foi multado. E vice-versa. 
 
Se a cidade soma mais multas de trânsito que no ano anterior, significa que estamos, ao invés de aprendendo, desaprendendo a lidar com a vida compartilhada no asfalto. O carro é a extensão da nossa casa. Saímos da garagem já montados em um pedaço de espaço nosso que irá se locomover por aí junto com outros pedaços de espaços individuais, todos “brigando” pelo espaço em comum nas ruas. Respeitar esse espaço é o segredo. 
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar

06/06/2017 12h54 Danielle Gaioto Falta muito
02/06/2017 13h13 André Thieful Ainda é cedo
31/05/2017 13h29 Danielle Gaioto Confronto
26/05/2017 12h51 Danielle Gaioto Moradias