,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • 'Justin Bieber do Vidigal' irá desfilar no SPFW
  • Sucesso nos EUA e indicada para 10 Emmys, 'This Is Us', chega ao Brasi
  • Temer cancela indicação de Fernanda Farah à diretoria da Ancine

Até quando?
Rubens Vitti Jr.
10/08/2017 08h38
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 

A população está exausta. São muitos anos de espera para que o HR (Hospital Regional) finalmente esteja funcionando corretamente.

Mas os políticos parecem não perceber o desespero de quem precisa passar por uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e esperar dias e mais dias para uma vaga em um hospital filantrópico.

Afinal, ficam fazendo promessas, “brincando” com a esperança do povo. Como se já não bastassem os inúmeros adiamentos de inauguração do HR, neste ano o prazo máximo já foi estipulado três vezes.

Primeiro foi o governador Geraldo Alckmin, que afirmou, em visita à cidade, que ainda neste ano (portanto, até 31 de dezembro), o hospital estaria funcionando pelo menos parcialmente.

Acontece que o governo estadual, dez dias depois, no decreto que oficializa a unidade, afirmou que o prazo seria janeiro do próximo ano. Mais uma vez adiado.

Agora, o secretário municipal da Saúde, de forma oficial, disse em audiência no MP (Ministério Público) que o HR entra em funcionamento em março de 2018.

No frigir dos ovos, o que acontece é um desvio de comunicação gigante entre as esferas municipal e estadual, além de um desacerto dentro do próprio município.

Falta afinar entre prefeitura, Secretaria Municipal da Saúde e Secretaria Estadual da Saúde uma data fixa para a abertura do HR, isso se esta data realmente existir.

O que não dá mais é adiar o que já é urgente faz tempo.

 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar

02/08/2017 06h37 Rubens Vitti Jr. Museu da Cana
30/07/2017 04h00 Informais
20/07/2017 11h24 Rubens Vitti Jr. Talento nato