Em 11 meses, Piracicaba registrou 1.016 acidentes com escorpiões

Ocorrências com escorpiões aumentam no verão, alerta Secretaria de Saúde (Amanda Vieira/JP)

Os acidentes com escorpiões registrados de janeiro a novembro do ano passado, em Piracicaba, foram superiores à quantidade de ocorrências verificadas em todo o ano de 2017. De acordo com os números divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, nos 11 meses de 2018 foram 1.016 acidentes ante os 1.002 casos ocorridos durante todo o ano anterior.

Por meio da assessoria de imprensa, a pasta informou que os números – apesar da pequena variação – se mantêm dentro da média, sem risco de epidemia. O setor de comunicação informou que anualmente os casos oscilam para mais ou para menos, mantendo a média.

Segundo os números do Ipplap (Instituto de Pesquisas e Planejamento de Piracicaba), as ocorrências com escorpiões lideram os acidentes com animais peçonhentos em Piracicaba. Em 2017, os casos totalizaram 59% do total de 1.710 registros de acidentes com espécies peçonhentas, que inclui, entre outras, aranhas, serpentes e lagartas. 

(Beto Silva)