Em apreensão recorde, Receita pega 2 toneladas de cocaína no Porto de Santos

A Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho (Direp) da Alfândega da Receita do Porto de Santos frustrou nesta sexta-feira, 23, a tentativa de envio ao exterior de, aproximadamente, duas toneladas de cocaína. Trata-se da maior apreensão da droga já feita na história do porto paulista.

A cocaína estava oculta em contêineres de cargas distintas – um carregamento de cinco contêineres de café, outro de dezesseis contêineres de concentrado de proteína de soja e um carregamento de 25 contêineres de açúcar, tipo cristal.

A droga estava escondida em um contêiner de cada carregamento. A Assessoria de Comunicação Institucional da Alfândega da Receita no porto informou que esta é a sexta apreensão do ano, atingindo o montante de, aproximadamente, 2,8 toneladas de cocaína recolhida.