Em casa, Alvinegro se acostuma a vencer com drama na Copa Paulista

xv O triunfo sobre o Ituano manteve o XV com boas chances de classificação.

Assim como no dia 8 de setembro, quando o XV de Piracicaba havia conquistado sua última vitória em casa (1×0 sobre o Desportivo Brasil), o torcedor quinzista soltou o grito de gol aos 49min do segundo tempo. Mais uma vez, coube a Lucas Formiga balançar a rede, garantindo a vitória do Nhô Quim sobre o Ituano por 1×0, e mantendo o clube vivo na briga pela classificação para a próxima fase da Copa Paulista. “Eu falei que a gente tinha que acreditar e lutar até o final, pois só acaba quando o juiz encerra. Mais uma vez, no apagar das luzes, consegui ser coroado com o gol”, disse Formiga.

Com a vitória sobre o Galo de Itu, o XV depende apenas de suas forças para avançar de fase na competição. Feliz com o resultado, o técnico Cléber Gaúcho aproveitou para enaltecer a qualidade do adversário. “Eu não vi todas as equipes da Copa Paulista, mas a melhor equipe tecnicamente que eu vi jogando foi o Ituano. Em todos os jogos que observamos e estudamos, o Ituano criou muito e dificultou a marcação adversária. Apesar da última colocação, é uma equipe muito qualificada”, disse Gaúcho.

“Sabíamos das dificuldades que iríamos encontrar e, em uma grande parte do jogo, marcamos na zona baixa. O torcedor não entende isso e, jogando em casa, ele quer que você agrida, mas tem momentos que não dá, pois o adversário tem muita qualidade na transição e chega muito rápido para fazer os gols. Após a marca de 30min do segundo tempo abriu tudo, com os dois times precisando ganhar e fomos felizes com o gol do Lucas Formiga”, completou o treinador.

RETORNO

Recuperado da cirurgia sofrida no pé esquerdo, para reconstrução do tendão de Aquiles, o meia André Cunha realizou contra o Ituano o primeiro jogo oficial após quase sete meses afastado dos gramados. Autor da jogada que resultou no gol da vitória do Nhô Quim, o meia enalteceu o trabalho do departamento médico do clube. “O Marcel Guarda (fisioterapeuta) tem toda parcela por essa minha volta, conviveu comigo esses meses que foram difíceis. Aos poucos, vou conseguindo voltar, pois não estou nem 70% do que posso jogar. Estou feliz por de alguma forma ter ajudado a minha equipe a conseguir a vitória”, disse Cunha.

O XV de Piracicaba volta a campo neste sábado (20), às 15h, para encarar o Taubaté, no Estádio Joaquim de Morais Filho, em Taubaté. A partida é válida pela última rodada da segunda fase da Copa Paulista. A vitória garante o Nhô Quim na próxima fase da competição. Em caso de empate, o time piracicabano precisará torcer por uma derrota do Novorizontino, que encara o Ituano, fora de casa. A equipe de Itu, porém, está matematicamente eliminada do torneio.

(Líder Esportes)