Em Itu, XV desafia melhor ataque da Copa

futebol (Foto: Claudinho Coradini/JP)

“Nosso comportamento fora de casa tem sido muito bom. Nosso estudo para a partida também passa pela boa média de gols marcados do Ituano. Vamos tentar neutralizar as ações do adversário, pois sabemos que eles tentam propor o jogo e imprimir um ritmo forte, tanto é que o aproveitamento em casa do Ituano é muito bom. Vamos tentar bloquear os pontos positivos e tirar proveito da situação com nossa transição ofensiva, para contragolpear o mais rápido possível e tentar sair com a vitória”, disse Cléber Gaúcho.

Sem revelar a equipe que inicia a partida contra o Ituano, o treinador quinzista afirmou que pode fazer alterações no time titular. “É provável. Testamos duas formações e ainda vamos optar por uma delas, tentando ainda tirar informações do Ituano até a hora do jogo. Os atletas estão bem treinados nessas situações que podemos utilizar”, completou. Entre as mudanças, Gaúcho deixou em aberto a possibilidade de escalar Doni em sua posição de origem (zagueiro) e promover a entrada de Radar na lateral esquerda. Caso a mudança se confirme, o zagueiro Caio Souza deve retornar ao banco de reservas.

O provável XV de Piracicaba que iniciará o jogo contra o Galo será formado por Leonardo; Mario Sérgio, Vinícius Simon, Doni e Radar; Fraga, Pereira e Cassio Gabriel; Romarinho, Lucas Formiga e Marcelo Fernandes (Erik Mendes).

DESFALQUES

Além do zagueiro Lucas Mufalo, punido na última segunda-feira (1º) pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) com dois jogos de suspensão (já cumpriu um), decorrentes do cartão vermelho recebido diante do Rio Claro, o XV de Piracicaba não poderá contar com o goleiro Alyson, com uma lesão na coxa esquerda, e o lateral-esquerdo Samuel Balbino, lesionado no ligamento colateral lateral do joelho esquerdo, que seguem entregues ao departamento médico. O goleiro Luiz Fernando e o meia André Cunha, em fase de transição, também estão fora.

(Líder Esportes)