Em jogo “atrasado” do Brasileirão, São Paulo enfrenta o Athletico-PR em Curitiba

Daniel Alves estreou com gol e vitória no São Paulo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

O São Paulo enfrenta o Athletico Paranaense hoje, às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, em jogo atrasado da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019. O Tricolor é o quinto colocado, com 27 pontos, enquanto que o Furacão está em oitavo, com 22 pontos. Se vencer no Sul, o São Paulo conquistará sua quinta vitória consecutiva, além de entrar no G-4 da competição.

O técnico Cuca foi questionado em relação ao confronto em Curitiba, já que em jogos oficiais o Tricolor só venceu três vezes o Furacão em seus domínios, além de jogar na grama sintética, sendo que os paranaenses são a única equipe da Série A com esse time de gramado. “Sabemos que será um jogo duro, assim como foi contra o Ceará, que dos últimos seis jogos só havia perdido um e poucas equipes venceram os cearenses por mais de um gol de diferença. O Athletico também é muito complicado, sendo que atingiremos o mesmo número de jogos das outras equipes, sendo que no domingo teremos outra partida duríssima, diante do Vasco, no Rio de Janeiro. Portanto não tem aquele jogo chamado ‘divisor de águas”. Temos que fazer o melhor a cada jogo, sem chamar a responsabilidade para esses meninos e continuar fazendo o “feijão com arroz’ para continuarmos crescendo a cada jogo”, explicou Cuca.

Ao contrário do Tricolor, o Athletico não tem tido a mesma regularidade, já que venceu quatro e perdeu quatro dos últimos oito jogos, resultados que custaram a vaga nas quartas da Libertadores, mas deram o título da Levain Cup, no Japão. O goleiro Santos, do furacão, elogiou a equipe tricolor, mas disse que a equipe buscará a vitória em casa. “É um jogo fundamental para as pretensões da nossa equipe no campeonato. Se vencermos esse jogo, iremos ficar em uma posição muito boa para brigar na parte de cima. A equipe do São Paulo é muito qualificada, com jogadores que dispensam comentários. Mas temos a nossa força dentro de casa e queremos fazer um bom jogo para buscar esses três pontos”.

Após as vitórias sobre a Chapecoense (4 a 0), Fluminense (2 a 1), Santos (3 a 2) e Ceará (1 a 0), o Tricolor tentará sua quinta vitória seguida na competição nacional, algo que não acontece desde 2011, ano em que venceu nas cinco primeiras partidas da competição. As “vítimas” da equipe foram o Fluminense (2 a 0, gols de Dagoberto e Lucas), Figueirense (1 a 0, gol de Lucas), Atlético Mineiro (1 a 0, gol de Casemiro), Grêmio (3 a 1, gols de Casemiro, Marlos e Jean) e Ceará (2 a 0, gols de Marlos e Lucas).

O último jogo entre as equipes em Curitiba foi válido pelo último Brasileirão e terminou com vitória do São paulo por 1 a 0, gol de Nenê, enquanto que o último triunfo dos paranaenses também foi em 2018, mas pela Copa do Brasil, no qual triunfaram por 2 a 1, gols de Pablo e Paulo André, com Tréllez marcando o tento de honra Tricolor.

PALMEIRAS

O Palmeiras venceu o Grêmio por 1 a 0 na noite da última terça-feira (20), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pelo confronto de ida das quartas de final da Libertadores 2019. Gustavo Scarpa fez o gol que permitirá o Verdão jogar pelo empate na próxima terça-feira (27), às 21h30, no Pacaembu para chegar na semifinal pelo segundo ano consecutivo. Os gaúchos tem que vencer por dois ou mais gols de diferença para avançarem. Se venceram por um tento, tem que marcar no mínimo dois gols para passar (2 a 1, 3 a 2, por exemplo).

Mauro Adamoli