Em seu 7º mandato, Thame busca a reeleição para deputado federal

Thame Thame aposta em apoio ao setor sucroenergético. ( Foto:Claudinho Coradini/JP)

Em seu sétimo mandato como deputado federal, Antonio Carlos Mendes Thame, concorre à reeleição para a Câmara dos Deputados pelo PV. Segundo o parlamentar, ele possui 200 projetos de lei em tramitação na Casa, que necessitam de sua presença para que sejam aprovados, o que justifica sua intenção de se reeleger. Ao comentar a renovação do parlamento, ideia que vem sendo difundida entre novos candidatos e pela sociedade, Thame avalia como muito importante, mas defende o equilíbrio. “Em todas as frentes, invariavelmente, vamos precisar do novo, mas não podemos prescindir da experiência de quem já entende os mecanismos, conhece os caminhos e tem muito com o que colaborar”, avaliou.

Entre as principais conquistas para Piracicaba e região, ele destacou o projeto que resultou na lei complementar 128/2008, que criou o MEI (Microempreendedor Individual) e tirou mais de sete milhões de trabalhadores da informalidade. “Em Piracicaba, são mais de 16 mil microempreendedores formalizados, de acordo com o Portal do Empreendedor”, afirmou.

A pedido de integrantes do Ministério Público Federal, Thame apresentou o projeto de lei das 10 Medidas de Combate à Corrupção. “Sou defensor dos biocombustíveis. Fui o primeiro deputado a apresentar projeto de lei para instituir a obrigatoriedade do biodiesel. Também fui coautor do artigo 58 das Disposições Transitórias da Constituição Federal, que reajustou os proventos de milhões de aposentados e pensionistas. Sou um dos parlamentares com maior número de propostas legislativas na área ambiental e fui o deputado que teve mais emendas aprovadas sobre segurança e higiene no trabalho”, elencou.

“Esse representante é portador dos pleitos dessa região, se torna um interlocutor das principais demandas, o que ocorre não apenas por meio de projetos de lei com o objetivo de melhorar o cotidiano das pessoas, mas também com as emendas parlamentares em áreas carentes de recursos, como saúde, infraestrutura e meio ambiente. No Orçamento Geral da União de 2018, consegui incluir R$ 6.372 milhões em emendas para os municípios do Aglomerado. Do montante, R$ 2,4 milhões foram destinados para Piracicaba”, afirmou.

“Não existe limite quando pensamos na força transformadora da lei. E a missão de um deputado é contribuir, por meio da apresentação de projetos que possam se tornar lei e melhorar a qualidade de vida da população. Penso que, para nossa região, leis de apoio ao setor sucroenergético, que redundem na geração de emprego e renda, serão de grande relevância

(Beto Silva)

O Jornal de Piracicaba está publicando matérias com todos os candidatos a deputado estadual e federal, cujo domicílio eleitoral seja a cidade de Piracicaba. Isso para obedecer ao Princípio da Isonomia e não privilegiar a exposição de um candidato em detrimento a outro.