Em torneio de despedida da carreira, André Sá vence na estreia do Brasil Open

Não foi na estreia do Brasil Open, torneio ATP 250 disputado no Complexo do Ibirapuera em São Paulo, que o tenista mineiro André Sá, veterano de 40 anos, encerrou a sua carreira profissional. Nesta segunda-feira, ao lado de Thomaz Bellucci, venceu a dupla formada pelo monegasco Romain Arneodo e pelo croata Antonio Sancic por 2 sets a 0 – com parciais de 7/6 (7/2) e 6/3, em 1 hora e 15 minutos.

Já classificados às quartas de final, André Sá e Thomaz Bellucci conhecerão nesta terça-feira quem serão os seus adversários. Eles sairão do confronto entre os argentinos Federico Delbonis e Maximo Gonzalez contra a parceria formada pelo chileno Hans Podlipnik-Castillo e pelo bielo-russo Andrei Vasilevski, cabeças de chave número 2 do Brasil Open.

Em simples, a estreia do paranaense Thiago Wild, de apenas 17 anos, em uma chave principal de um torneio da ATP começou promissora, mas ele não conseguiu manter o nível até o final e foi derrotado de virada pelo experiente argentino Carlos Berlocq, de 35, por 2 sets a 1 – com parciais de 3/6, 6/3 e 6/2, após 2 horas e 14 minutos.

Convidado da organização, Thiago Wild mostrou um tênis agressivo do começo ao fim e deu bastante trabalho a Carlos Berlocq. “Acho que comecei a partida em uma intensidade muito alta, num ritmo de jogo que normalmente não estou acostumado, é um patamar que ainda pretendo alcançar. Tenho mais tênis do que alguns jogadores que estão aqui, mas a parte física ainda fica um pouco para trás. Tenho que aprender a lidar com certos momentos e estipular os que são importantes e os que não valem tanto”, avaliou o brasileiro.

O próximo adversário de Carlos Berlocq será o compatriota Leonardo Mayer, que mais cedo superou o português Gastão Elias por 2 sets a 1 – com parciais de 5/7, 7/6 (12/10) e 7/6 (7/5), em quase três horas de partida. Os dois argentinos já se enfrentaram três vezes, com duas vitórias para Berlocq.

Também foi definido o adversário de estreia de Fabio Fognini no torneio. Cabeça de chave número 2 e 20.º do ranking mundial, o italiano enfrentará o português João Domingues. Vindo do qualifying, o tenista de Portugal venceu o argentino Renzo Olivo por 2 sets a 1 – parciais de 2/6, 7/6 (8/6) e 7/5, após 3 horas e 9 minutos de jogo.