Encontrado corpo de jovem que caiu no rio ao fazer ‘selfie’

Os bombeiros localizaram na manhã de ontem o corpo de Charlles José da Silva, 21, após dois dias de buscas.
Ele se afogou após escorregar e cair no rio Piracicaba, ao se aproximar muito da margem para tirar uma selfie. Segundo a corporação, o cadáver foi encontrado próximo a uma rampa de acesso, na região do bairro Bongue. O jovem estava desaparecido deste o último domingo (18). O corpo foi arrastado pela correnteza.A Polícia Militar fez um alerta sobre os riscos dessa prática.
 
 
Os bombeiros afirmaram que as buscas começaram no domingo, assim que foram informados pelos familiares sobre a queda de Silva no rio. O irmão da vítima tentou ajudá-la a sair do rio, mas não conseguiu. Ambos caíram na água, em um trecho próximo à rua do Porto. O irmão da vítima foi salvo pela equipe da Aperp (Associação de Pescadores Esportivos de Piracicaba), que realizava arrastão ecológico nas imediações. Silva afundou e não retornou mais à superfície. Silva residia em Itapevi, região de Osasco, e e veio conhecer seus irmãos, pois descobriram recentemente que tinham uma nova família.
 
“Para nós que ficamos é difícil aceitar que uma pessoa tão nova e com tanto pela frente tenha partido… Mas, sem sombra de dúvidas, sua missão aqui foi cumprida. Deixo aqui minha homenagem, e meu agradecimento por ter tido a honra de conhecer você e te considerar como amigo, vá em paz Charlles Silva, que o céu te receba com festa e Deus lhe dê um abraço de um pai
cheio de orgulho do filho”, postou um dos amigos da vítima nas redes sociais.
 
 
ORIENTAÇÃO – O comandante do 10º BPM-I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), tenente-coronel Wilians de Cerqueira Leite Martins, falou sobre os cuidados ao realizar atividades de lazer. “Temos sempre que observar a segurança daquilo que vamos fazer e respeitar os limites da natureza.
 
No caso de rios, lagoas e represas, se não conhecer o local, procure saber se ali é permitido ou não nadar, não se aproximar da água se o terreno estiver escorregadio ou apresentar algum perigo”, orientou.
 
 
Atividadas afastadas da cidade devem ser feitas em grupo. “Quando esta atividade envolver crianças, é importante sempre ter um adulto por perto, bem como evitar o consumo de bebidas alcoólicas”, disse .
 
Mesmo na ausência das placas (que sinalizam perigo) é importante avaliar a segurança do local. Em caso de emergência o indicado é ligar para a PM no 190, para o Corpo de Bombeiros no 193 ou ainda para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) no 192”, sugeriu o comandante.