Endhap afirma que 13 apartamentos do Programa Minha Casa Minha Vida serão reintegrados

Apesar do alerta, data da ação de reintegração de posse não foi informada (Foto: Claudinho Coradini/Arquivo/JP)

Treze apartamentos estão na lista de imóveis que serão reintegrados pela Caixa Econômica Federal nos condomínios Piracicaba e Parque dos Ipês – núcleos financiados pelo Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Em comunicado à Emdhap (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba) a instituição informou que a abertura de processo de reintegração de posse para os imóveis irregulares, considerados como invadidos, nos condomínios Parque dos Ipês, Piracicaba e Vida Nova. Caracteriza-se invasão quando os moradores do apartamento não são aqueles que assinaram o contrato com a Caixa.

Nesta fase, há também casos de apartamentos que estão em processo de rescisão. São os casos de empreendimentos que ainda não tiveram registrados os contratos, cabendo assim rescisões contratuais, como por exemplo o condomínio Vida Nova.

Os apartamentos que estão em fase de rescisão contratual, os ocupantes receberão em breve as notificações extrajudiciais para deixar o imóvel. Se os moradores persistirem em permanecer no imóvel sem o contrato com a Caixa serão considerados invasores e a retirada ocorre com força policial, como informou a direotra administrativa da Emdhap, Kátia Mesquita.

Segundo ela, além dos 13 imóveis que constam no cadastro da Caixa Econômica, outros 20 dossiês foram enviados para análise da instituição financeira. “Nesse processo de reintegração nós auxiliamos com a investigação, visitando os imóveis, procurando pelo morador e montamos o dossiê que é enviado à Caixa”, afirmou.

Os apartamentos reintegrados serão destinados aos suplentes que aguardam na lista.
Do total de apartamentos a serem reintegrados, oito estão no condomínio Piracicaba, sendo que quatro estão alugados e outros quatro foram vendidos, todas as transações são consideradas irregulares pela Caixa. No Parque dos Ipês, cinco imóveis estão na lista de reintegração, três estão abandonados e dois foram cedidos.

A Emdhap informa que as dúvidas dos moradores poderão ser respondidas na sede da empresa localizada na avenida Cristóvão Colombo, 1.900, Algodoal, no setor social ou pelo telefone 3412-2222.

Beto Silva