Enfermeira é presa após roubo a motorista Uber

Uma enfermeira de 40 anos foi presa na última semana, porque é suspeita de roubar R$ 50 de um motorista de Uber, no Jardim Califórnia. Segundo o boletim de ocorrência, a mulher teria solicitado uma corrida pelo aplicativo, mas quando o motorista chegou foi abordado e obrigado a entregar o dinheiro.
 
Por volta das 17h, os policiais militares foram avisados pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar), que um motorista de Uber tinha acabado de ser assaltado. Os policiais seguiram para o local informado e após conversar com o motorista foram avisados que assim que chegou para fazer uma corrida, foi rendido pela mulher que teria simulado portar uma arma. Ela o ameaçou com a arma e disse que era para vítima entregar o dinheiro.
 
O homem entregou a quantia que possuía e a suspeita fugir. Minutos depois, a mulher foi localizada pela PM ainda nas imediações. Na frente dos policiais, o motorista entrou em contato com o Copom e pediu para que fosse realizada uma ligação no mesmo telefone usado para solicitar uma corrida. Na sequência, o telefone que estava com a mulher tocou.
 
A suspeita foi encaminhada para o Plantão Policial, onde foi revistada por uma policial feminina, que teria encontrado uma porção de cocaína escondida na calcinha dela. Ela acabou sendo autuada em flagrante por roubo e porte de entorpecente pelo delegado plantonista Alex Willians Adami. Em seguida, a enfermeira foi levada para uma cela anexa ao plantão policial, onde ficará à disposição da Justiça. Segundo o boletim de ocorrência, a mulher tem antecedentes criminais, mas a polícia não informou qual seria a acusação.