Engenheiro de 34 anos morre atropelado na SP-147

O engenheiro eletricista Eduardo Braga Souto, 34 anos, morreu após tentar atravessar a Rodovia Deputado Laércio Corte (SP-147), na noite de sábado (22). Ele foi atingido por um veículo modelo Hyundai Elantra. O condutor do veículo, de 25 anos informou aos policiais rodoviários que a vítima estava no meio da rodovia e que não conseguiu desviar. A vítima morreu no local.
 
De acordo com o boletim de ocorrência, o acidente aconteceu às 21h50. O motorista do carro informou que transitava pela rodovia sentido Limeira a Piracicaba quando avistou a vítima no meio da pista. Ele teria tentado desviar, mas não conseguiu.
 
O condutor estacionou o veículo e entrou em contato com a Polícia Militar Rodoviária. O rapaz fez o teste do bafômetro, cujo resultado deu negativo para consumo de bebida alcoólica.
 
O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas quando a equipe chegou ao local do acidente a vítima já estava morta.
 
Os peritos do IC (Instituto de Criminalística) estiveram no local para fazer o levantamento sobre as circunstâncias do acidente. A apuração sobre o ocorrido será realizada posteriormente pelos policiais civis do 4º Distrito Policial.
 
O veículo foi periciado na própria rodovia e depois liberado ao responsável. O carro teve danos no parabrisa e parachoques.
O caso foi registrado no Plantão Policial pelo delegado Emerson Marinaldo Gardenal como homicídio culposo (sem intenção de matar). 
 
O corpo de Souto foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) e seria transportado por uma funerária para uma cidade no interior de Minas Gerais, onde seria enterrado.