Enterro de piracicabano morto em Londres é amanhã

Família e amigos promoveram vaquinha para trazer o corpo do rapaz de volta ao Brasil. (Foto: Reprodução Facebook)

O objetivo dos familiares e dos amigos do cabeleireiro Danilo Fiorin de trazer o corpo do jovem para ser velado e enterrado em Piracicaba – sua cidade natal – foi alcançado. Após 13 dias da morte do piracicabano, ocorrida em Londres, depois de ser diagnosticado com meningite fúngica, eles vão poder – finalmente – fazer as homenagens póstumas ao parente e amigo.

De acordo com a amiga Gabriela Ruy, o velório de Danilo está previsto para as 17h de hoje e o enterro acontece às 17h de amanhã, ambas as cerimônias acontecem no cemitério da Saudade. Gabriela não soube precisar quando o corpo chegou a Piracicaba e a reportagem não conseguiu contato com a irmã de Danilo, Camila Fiorin, que acompanhou os trâmites na capital inglesa.

Desde o anúncio da morte de Danilo, no dia 29 de abril, os amigos iniciaram uma vaquinha virtual com o objetivo de arrecadar R$ 40 mil para as despesas com o traslado do corpo. De acordo com o site vakinha.com.br, do dia 29 de abril até 9 de maio, 317 pessoas contribuíram com a ação virtual que arrecadou R$ 25.110 mil. Gabriela informou que uma rifa também foi realizada para reforçar a arrecadação.

Danilo era conhecido por seu trabalho na cidade. Ele viajou para Londres há quatro meses, onde morava com a irmã, Carolina Fiorin, e uma prima quando foi diagnosticado com a doença que o vitimou.

Ele chegou a ser submetido a uma cirurgia para colocação de um dreno a fim de reduzir a pressão no cérebro, mas não resistiu e faleceu no domingo (28). Do diagnóstico até o óbito do jovem foram sete dias.

Camila procurou o embaixada brasileira em Londres para buscar informações de como fazer o traslado do corpo do irmão para Piracicaba, mas o órgão informou que há previsão orçamentária para as despesas com embalsamamento e traslado de corpos de brasileiros mortos no exterior.

 

Beto Silva
beto.silva@jpjornal.com.br