Equipe do Canil visita bebê engasgado salvo por pms

Os policiais do Canil da Polícia Militar realizaram uma atividade diferente na manhã de anteontem. Eles retornaram na casa de um bebê com um pouco mais de 40 dias, no bairro dos Alemães. A equipe registrou com uma foto a lembrança com o pequeno Enrico.
 
Na última segunda-feira (16), o atendente do Copom (Central de Operações) da Polícia Militar conseguiu salvar a vida do bebê, que tinha se engasgado com leite. Através da ligação telefônica, a mãe da criança, que estava também com a avó, recebeu as instruções de emergência até a chegada da equipe de socorro. Apesar do susto, o bebê fez todos os exames no hospital e já recebeu alta médica.
 
A mãe da criança ligou em desespero através do telefone 190. O bebê tinha engasgado e aparentemente tinha deixado de respirar. O atendente perguntou para a mulher se estava com alguém. Assim que respondeu que estava com a mãe dela, avó materna do bebê, ela foi orientada a passar o telefone para a mãe para que pudesse segurar o filho de bruços.
 
A avó da bebê recebia as instruções para realizar a “Manobra de Heimlich”, método pré-hospitalar de desobstrução das vias aéreas superiores. A mãe realizou os procedimentos e o bebê voltou a respirar novamente.
 
 
DICAS—Segundo a Polícia Militar, as instruções realizadas pela mãe da criança com a orientação do atendente fizeram toda a diferença para resolver a situação de emergência.
 
Algumas dicas importantes sobre engasgamento com leite materno ou outro alimento é colocar o bebê de bruços sobre um dos braços; encaixar o queixo da criança entre os dois dedos para que a cabeça fique firme, deixar as pernas do bebê abertas, de maneira que fiquem uma de cada lado do braço; com a mão dar leves tapas nas costas para desobstruir as vias aéreas; desça o braço cerca de dez centímetros para que o corpo da criança fique levemente inclinado e deixe o líquido sair pela boca e nariz.