EsalqShow aborda desafios e oportunidades do agro no Brasil

Abertura acontece hoje, às 8h30, com o hasteamento das bandeiras no Prédio Central da Esalq/USP. (Foto: Claudinho Coradini)

Fortalecer e expandir o papel e as contribuições das universidades, melhorando a integração entre a academia e os demais elos do agronegócio é a proposta do EsalqShow, Fórum de Inovação para o Agronegócio Sustentável, que debaterá este ano os “Desafios e oportunidades do agro brasileiro até 2030”.

A abertura do evento acontece hoje, a partir das 8h30, com o hasteamento das bandeiras no Prédio Central da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”.

Na sequência, às 9h30, os Secretários de Agricultura do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira, e de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marcos Vinholi, transferem seus Gabinetes para Piracicaba até sexta-feira. A solenidade de abertura está prevista para as 10h, no Salão Nobre, seguida pela Palestra Cátedra Luiz de Queiroz. O Esalq Show contará com uma vasta programação durante os três dias, entre eles o Encontro de Lideranças em Agricultura, o Prêmio Novo Agro Santander, o Agtech Valley Summits, Painel Startups no Agronegócio – Academyday, StartupDay e Integração e Inovação no Vale do Piracicaba, Painel Agricultura Digital – Conectividade, Painel Agricultura Familiar e Pequeno Produtor, Clínica de Consultoria para Startups e Empreendedores, além de uma Feira de Inovação e Tecnologia.

“Além de promover o empreendedorismo, o Esalq Show vem para dar mais visibilidade às iniciativas acadêmicas para o mercado nacional e internacional”, aponta Luiz Carlos Corrêa Carvalho, presidente do conselho consultivo do evento.

LIDERANÇAS

Quais são os desafios e oportunidades que o agronegócio terá até 2030? Este será um dos questionamentos a serem debatidos durante o Encontro de Lideranças em Agricultura, que será no dia 9 de outubro, a partir das 14 horas. Sob o tema “Relações Internacionais no Agro”, o debate contará com a presença de Flávio Campestrin Bettarello (secretário adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura), Guo Pei (professor e pesquisador da China Agricultural University), Jorge Cabral (embaixador de Portugal no Brasil), Ricardo Carciofi (membro do Grupo de Países Productores del Sur) e Yang Wanming (embaixador da China no Brasil).

“A proposta é apresentar e debater as diferentes perspectivas da agricultura sob a ótica da academia, das agências de pesquisa, setores produtivos, governos e cooperação internacional. A ideia é de contextualizar, de maneira ampla, estratégica e global, a visão de cada um destes especialistas e profundos conhecedores do setor sobre o tema central do Esalq Show que são os desafios e oportunidades do agro até 2030 e o que é preciso ser feito neste contexto”, aponta Luiz Carlos Corrêa Carvalho, que será o mediador do debate.