Escola de Mães é alvo de estelionato; caso está na polícia

A direção da Escola de Mães Professora Branca Motta de Toledo Sachs investiga, junto à Justiça, caso de estelionato cometido por um grupo de pessoas que se utiliza do nome entidade beneficente. Por motivo de segurança, os diretores envolvidos na investigação do caso preferiram não expor seus nomes, mas informaram que o desfalque só foi descoberto quando algumas das colaboradas mensalistas conhecida como madrinhas ligaram reclamando de problemas com os cheques enviados como donativos à entidade.
 
“Eram cheques de R$ 60 reais que viravam R$ 600, de R$ 50 que viravam R$ 5 mil, e estes valores não chegavam à entidade. Graças a Deus, a maior parte dos casos foi resolvida junto aos bancos pois foi confirmada a rasura no cheque, mas foi o sinal de alerta para cancelar o serviço de recebimento de donativos nas residências para ser exclusivo aqui na sede da entidade”, informaram.
 
Os diretores contaram que ao longo de mais de 50 anos apenas uma pessoa fez o serviço de coleta junto as casas das madrinhas e empresas colaboradoras. “O controle era feito em fichas de papel e como algumas pessoas começaram a ajudar nesta coleta, as fichas acabaram sumindo. Este foi um outro sinal que poderíamos estar sendo lesados por estelionatários e abrimos ocorrência junto à polícia para investigar o caso”, completaram.
 
Eles lembraram que uma destas pessoas que fazia a coleta chegou a despertar suspeita quando deixou de prestar contas de algumas pessoas que eram tradicionais em doações. “Estamos pedindo ajuda para encontrar essas pessoas já que este dinheiro levado indevidamente faz falta para as mais de 80 mães e cem crianças que atendemos aqui. Nós não mandamos mais ninguém buscar ou receber donativos em dinheiro ou de qualquer outra espécie nas casas. Só estamos recebendo as doações em nossa sede”, reforçaram.
 
A Escola de Mães é uma ONG que atua em Piracicaba há 70 anos e desenvolve projetos que atendem gestantes e mães carentes com com filhos até dois anos. “O que estão fazendo com a gente compromete um trabalho de décadas. Estamos tomando atitudes como forma de restabelecer a confiança de quem sempre acreditou em nosso trabalho”.
 
Os interessados em contribuir ou conferir se sua doação está realmente chegando para a entidade, os diretores da Escola de Mães pedem para que liguem e esclareçam suas dúvidas. O telefone é (19) 3433-3428. As doações – tanto em dinheiro, fraldas, alimentos e leite – seguem sendo recebidas exclusivamente na sede, à rua Prudente de Moraes, 1.578, Cidade Alta.