Escola de Piracicaba é campeã da Olimpíada de Matemática

alunos Em todo Estado de São Paulo, 723 alunos de escolas estaduais receberam medalhas. Foto: divulgação.

A Escola Estadual Samuel de Castro Neves, no bairro Santana, em Piracicaba foi considerada a unidade campeã, na OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas) com sete medalhistas – um de ouro, quatro de prata e dois de bronze. A escolas Carlos Maximiliano Pereira dos Santos (capital); Rosa Francisca Mano (Euclides da Cunha); e Coronel Marcos Ribeiro (Fartura) também são destaques. Seis estudantes de cada escola foram premiados. Em todo Estado, 723 alunos receberam medalhas. Foram 64 de ouro, 159 de prata e 500 de bronze conquistadas por alunos do Ensino Fundamental Anos Finais – 6º ao 9º ano – e Ensino Médio. A lista com o resultado de todos os Estados participantes está disponível no site oficial da competição (www.obmep.org .br).

A OBMEP é dividida em duas etapas. A primeira fase, nesta edição aplicada em junho, traz 20 questões de múltipla escolha. Já a segunda, em setembro, é composta por seis itens discursivos. A disputa é aberta a alunos das redes municipais, federais e também particulares (nesse caso, há uma classificação própria).

Além das medalhas, os vencedores estão convidados para o 14º Programa de Iniciação Científica (PIC). Os interessados têm até 26 de fevereiro de 2019 para confirmar a inscrição. A iniciativa prevê encontros presenciais com orientação acadêmica e profissional e atividades virtuais com professores universitários. Os alunos recebem material didático e auxílio financeiro (bolsa mensal CNPq).

PROFESSORES PREMIADOS — Professores também foram premiados na edição 2018 das Olimpíadas. Na rede estadual paulista, 85 receberam diploma, livro de apoio à formação matemática e vaga no programa ‘OBMEP na Escola‘ do próximo ano. Guarulhos foi a cidade com maior número: cinco, no total.

(Da Redação)