Escritor israelense Aharon Appelfeld morre aos 85 anos

O escritor israelense e sobrevivente do Holocausto Aharon Appelfeld morreu aos 85 anos. Ele era uma das principais vozes literárias da literatura hebraica do século 20. Nascido na Romênia antes da ascendência do nazismo, ele perdeu a mãe nos assassinatos em massa durante a Segunda Guerra Mundial e só reencontrou o pai 20 anos depois.

Appelfeld construiu sua sólida carreira nas letras em Israel, escrevendo em hebraico, língua que aprendeu apenas na adolescência. Escreveu dezenas de livros e foi traduzido em muitos países, inclusive no Brasil: “Expedição ao Inverno” (Perspectiva, traduzido por Luis S. Krausz) e “Badenheim 1939” (Manole) são alguns dos seus livros publicados por aqui.

O escritor americano Philip Roth, seu amigo pessoal, já definiu Appelfeld como “um escritor sem lugar de uma ficção sem lugar, que fez desse deslocamento e desorientação um tema muito próprio”. Appelfeld deixa a esposa e três filhos. Fonte: Associated Press.