Espetáculo une música clássica e observação dos astros e estrelas

O astrônomo Michel Paschini Neto fala sobre cada estação e o ator Romualdo Sarcedo fará a leitura dos sonetos (foto: Rodrigo Alves)

A OCP (Orquestra de Câmara de Piracicaba) apresenta nesta sexta- -feira (27), às 20h, o espetáculo “Primavera, Música e Astronomia”, no Teatro do Engenho. A montagem une música clássica e observação dos astros, com telescópios disponíveis ao público. Ingressos podem ser adquiridos no site Mega Bilheteria.

O espetáculo traz a execução completa da obra “As Quatro Estações”, do compositor italiano Antonio Vivaldi. Em cada estação (Primavera, Verão, Outono e Inverno), a orquestra acompanha um solista ao violino. Ao todo são 16 instrumentistas no elenco. Antes de cada estação, o professor e astrônomo Michel Paschini Neto apresenta as principais características de cada estação, com os principais astros e constelações visíveis, enquanto o ator Romualdo Sarcedo se encarrega, antes da execução de cada movimento, da leitura dos sonetos de Vivaldi.

Após a apresentação do programa, o público tem a oportunidade de apreciar os astros com o auxílio de telescópios, posicionados na área externa do Teatro do Engenho, sob a orientação do astrônomo Michel Paschini Neto e membros e voluntários do Observatório Astronômico Municipal de Piracicaba.

A observação depende de condições climáticas favoráveis. A obra, publicada em 1723, projetou Vivaldi internacionalmente. “As Quatro Estações é uma das peças musicais barrocas com maior nível de popularidade em todo o planeta. Ela foi composta a partir de quatro sonetos e têm como simbologia a passagem do tempo ao longo do ano.

Cada estação é formada por três movimentos, que duram cerca de dez minutos”, explica o produtor e arquivista da OCP, Anselmo Melosi, que também é contrabaixista no espetáculo. Os solistas do concerto são Victor Freitas, Igor Nogueira, Sara Raíssa e Milton Bergo. Também no violino estão Denis Usov, Arthur Brito, Paula de Sant’ana, Paulo Camilotti Tavares, Henrique Lupinacci e Felipe Tonon.

O espetáculo conta ainda com Alexandre Razera e Catarina Schmitt Rossi nas violas, André Micheletti e Fábio Belluco nos violoncelos e César Tessarin no cravo.

A Orquestra de Câmara de Piracicaba é composta por experientes instrumentistas da região, que integram a OSP (Orquestra Sinfônica de Piracicaba), e se uniram para apresentar concertos com obras célebres da música clássica, além de repertório diversificado. A realização é da Cultura Artística, com o apoio da SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural), Jornal de Piracicaba e Revista Arraso.

SERVIÇO

Espetáculo “Primavera, Música e Astronomia”, da Orquestra de Câmara de Piracicaba. Sexta-feira, 27 de setembro, às 20h, no Teatro Municipal Erotídes de Campos (avenida Maurice Allain, 454, Parque do Engenho Central). Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 20 (Clube JP) e R$ 15 (estudantes, idosos e professores da rede pública). Venda pelo www.megabilheteria.com ou na bilheteria do teatro. Informações: (19) 3413-5212 ou www.sinfonicadepiracicaba.org.br.

Da Redação