,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Todos os presidentes que ganharam filmes no País
  • Retrospectiva de Rodrigo Andrade está entre as dicas de exposições da semana
  • Ocimar Versolato morre aos 56 anos em São Paulo

Nadal arrasa norte-americano em 54 minutos na estreia do Masters de Xangai
Agencia Estado
11/10/2017 11h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Rafael Nadal não teve qualquer dificuldade para confirmar favoritismo em sua estreia no Masters 1000 de Xangai, nesta quarta-feira, ao arrasar o norte-americano Jared Donaldson por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1, em apenas 54 minutos. Líder do ranking mundial, o tenista espanhol abriu campanha direto na segunda rodada do importante torneio chinês realizado em quadras duras e assim assegurou classificação às oitavas de final. O seu próximo adversário será o italiano Fabio Fognini, que na última terça eliminou o francês Lucas Pouille, 15º cabeça de chave, também com um triunfo em sets diretos. Neste que foi o seu primeiro confronto diante de Donaldson, hoje o 56º colocado da ATP, Nadal exibiu superioridade desde o início e confirmou todos os seus saques sem ter o serviço ameaçado por nenhuma vez. Para completar, converteu quatro de 11 break points cedidos pelo adversário para liquidar rapidamente o duelo. Para se ter ideia do domínio que impôs principalmente enquanto sacava, Nadal ganhou 85% dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro serviço e ainda venceu 100% dos pontos que travou quando precisou utilizar o segundo. Assim, avançou de forma tranquila para reencontrar Fognini, atual 28º tenista do ranking mundial, que foi derrotado em nove dos 12 confrontos que travou com o espanhol até hoje, sendo os dois últimos neste ano, nos Masters 1000 de Miami, em quadra dura, e de Madri, no saibro. O italiano, porém, é considerado um rival perigoso e já surpreendeu o espanhol por duas vezes no saibro, no Rio Open e Torneio de Barcelona de 2015, ano em que também levou a melhor sobre o rival no US Open. OUTROS JOGOS - Em outra partida realizada nesta quarta-feira em Xangai, o alemão Alexander Zverev, terceiro cabeça de chave e atual quarto colocado da ATP, teve ainda menos trabalho do que Nadal para avançar. Ele contou com a desistência do britânico Aljaz Bedene, por lesão, quando vencia o primeiro set por 4/0. Desta forma, Zverev também se garantiu nas oitavas de final e terá como próximo rival o argentino Juan Martín del Potro, que na última terça-feira assegurou lugar na mesma fase ao bater o russo Andrey Rublev com parciais de 6/3 e 6/4. O búlgaro Grigor Dimitrov, por sua vez, confirmou a condição de sexto cabeça de chave para ir às oitavas de final. Porém, sofreu muito para derrotar o norte-americano Ryan Harrison por 2 sets a 1, de virada, com 3/6, 6/3 e 7/6 (8/6). O seu próximo rival será outro tenista dos EUA: Sam Querrey, décimo pré-classificado, que nesta quarta superou o compatriota Frances Tiafoe por 6/3 e 7/6 (9/7). Já o belga David Goffin não conseguiu justificar o status de oitavo cabeça de chave em sua estreia ao cair diante de Gilles Simon por 2 sets a 0, com 7/6 (7/4) e 6/3. O triunfo garantiu um duelo 100% francês nas oitavas de final, pois o próximo rival de Simon será Richard Gasquet, que avançou na última terça-feira.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar