,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Emicida celebra a carreira e o bom momento do rap com a gravação do 1º DVD
  • Sequência de 'Animais Fantásticos e Onde Habitam' ganha data de estreia
  • Em DVD, a face roqueira de Gal Costa

Pedrinho vê time pronto para ‘final’ 
Líder Esportes
09/11/2017 15h52
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
As lesões musculares sofridas em 2017 foram uma ‘dor de cabeça’ para o lateral-esquerdo Pedrinho, que não conseguiu obter uma sequência de jogos relevante na atual temporada. Desde que chegou ao XV de Piracicaba, o jogador precisou se afastar dos gramados em duas oportunidades para tratar as lesões no departamento médico. Embora tenha atuado como titular em apenas seis partidas na Copa Paulista, os números são bastante positivos: sempre que iniciou o jogo, o Alvinegro conquistou a vitória.
 
“Graças a Deus, estou 100% recuperado das contusões que tive no início do campeonato. Junto ao departamento médico, fizemos um plano de fortalecimento antes dos treinos e dos jogos, com um trabalho específico. Isso está me ajudando bastante e espero dar sequência, colocando ponto final nas lesões e ajudando bastante o XV”, disse Pedrinho. O Nhô Quim volta a campo no próximo sábado (11), às 16h45, para encarar a Inter de Limeira no estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira. A vitória por 2 a 1 na primeira partida da semifinal, no Barão da Serra Negra, deu ao XV a vantagem de jogar pelo empate para avançar à final da Copa Paulista.
 
“Nós temos que explorar a vantagem conquistada em casa. Será um jogo bastante difícil e esperamos marcar bem, ter uma postura de marcação forte e aproveitar os contra-ataques. Estamos jogando assim há algum tempo e fizemos boas apresentações. Temos que aproveitar a ansiedade do adversário e vamos jogar no erro deles também, mas não adianta ficar só defendendo. Com a bola no pé, vamos buscar o gol, o que os obrigaria a fazer dois, no mínimo. Essa será nossa postura, de marcação forte, tentando matar o jogo nos contra-ataques”. 
  
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar