,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Lair Braga critica abandono das praças
  • Polícia Ambiental flagra pesca predatória no rio Piracicaba
  • Moradores de rua são aliciados para furtos,diz GOE

Federação Paulista define nesta terça-feira data e local dos duelos das quartas
Agencia Estado
12/03/2018 11h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
A Federação Paulista de Futebol define nesta terça-feira as datas, horários e locais das quartas de final do Campeonato Paulista. Os duelos serão realizados no próximo fim de semana e no meio da semana seguinte (volta). Os times de melhor desempenho em cada grupo - Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos - decidem em casa. Dono da melhor campanha na classificação geral com 26 pontos, melhor ataque (19 gols) e melhor defesa (oito gols sofridos, ao lado de Corinthians, Ponte Preta, São Bento e Bragantino), o Palmeiras chega à fase eliminatória com a vantagem de decidir as próximas etapas em seu estádio (a pontuação continua a ser somada com os próximos confrontos). A equipe alviverde superou o período de oscilação em que ficou quatro jogos sem vencer, fez uma grande partida diante do São Paulo - a melhor do ano na avaliação do técnico Roger Machado - e confirmou a melhor campanha com uma vitória tranquila ontem. As últimas vitórias do Palmeiras mostraram a fixação de um novo time titular com Bruno Henrique no meio e a manutenção de Victor Luís como lateral-esquerdo. Alguns titulares na campanha do título brasileiro de 2016, como Tchê Tchê, Moisés e Edu Dracena, perderam espaço. Dono da segunda melhor campanha, o Corinthians também viveu um período de altos e baixos no torneio. O técnico Fábio Carille parece ter resolvido a principal questão do início da temporada - quem será o camisa 9? - de uma maneira pragmática. Como nenhum dos escolhidos conseguiu se firmar, ele simplesmente aboliu a figura da referência na área. Nos últimos jogos, o time apostou na movimentação dos meias Jadson e Rodriguinho e na versatilidade de Romero como armas ofensivas. Vem dando certo. O Santos terá de superar uma sequência ruim de quatro jogos sem vitórias (três derrotas e um empate) nos confrontos diante do Botafogo. Jair Ventura cita o número de lesões, entre elas a de Bruno Henrique, e o processo de reconstrução da equipe para justificar as dificuldades. "Nós utilizamos 30 jogadores em 13 jogos. Chegamos à fase final conhecendo bem o grupo", disse Ventura. Foram rebaixados Santo André e Linense. O São Paulo superou o Red Bull por 3 a 1 no Morumbi de virada e ficou à frente do São Caetano no Grupo B. As equipes se enfrentarão nas quartas. O duelo colocará o time tricolor frente a frente com a equipe comandada por Pintado, ex-auxiliar técnico permanente do São Paulo.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar