,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Estrelas do pop apostam no gênero
  • Elifas Andreato reúne obra em livro
  • Pancadão implacável

França derruba ‘geração belga’ e vai à decisão
Agência Brasil
11/07/2018 07h21
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
(FIFA/Divulgação)
 
A França derrotou a Bélgica por 1x0 e está na final da Copa do Mundo. O time do técnico Didier Deschamps adotou a estratégia de esperar a Bélgica, que mudou seu estilo de jogo em relação ao que fez contra o Brasil. E foi justamente ao tomar a iniciativa do ataque que os belgas perderam os espaços para as jogadas em velocidade. Lukaku, que infernizou a seleção brasileira nas quartas de final, nada fez ontem.
 
O gol da classificação foi anotado pelo zagueiro Umtiti, no início do segundo tempo, após cobrança de escanteio pela direita. Na final, a França aguarda o vencedor do confronto entre Inglaterra e Croácia.
 
De Bruyne, autor do gol que eliminou o Brasil, errava passes, sobretudo após o gol francês, surgido da cabeçada de Umtiti aos cinco minutos do segundo tempo. O nervosismo tomou conta do meio-campista, que teve poucas chances. O melhor jogador da Bélgica foi Hazard. No primeiro tempo, o camisa 10 belga criou várias chances pela esquerda do ataque, mas o último passe não chegava limpo para os companheiros, que estavam bem marcados pelos franceses.
 
Já os franceses tinham Mbappé, que foi muito importante, principalmente depois do gol. O atacante era a principal opção em velocidade. Além disso, Pogba, Kanté, Matuidi e Griezmann eram eficientes no meio campo francês. Marcavam quando estavam sem a bola e ligavam contra-ataques com bons passes e avanços em velocidade. Três jogadores belgas foram punidos com cartão amarelo por parar com falta os contra-ataques da França.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar