,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Estrelas do pop apostam no gênero
  • Elifas Andreato reúne obra em livro
  • Pancadão implacável

Piracicaba leva 16 medalhas
Líder Esportes
11/07/2018 07h39
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
 
(Líder Esportes)
 
O kickboxing de Piracicaba conquistou 16 medalhas no o Campeonato Brasileiro de Kickboxing, que em 2018 completou 28ª edição na categoria adulto e ao 22º torneio sub-17. A competição foi organizada pela CBKB (Confederação Brasileira de Kickboxing) e termino neste domingo (8) na Vila Olímpica Valdir Pinheiro, em Maringá (PR). Na classificação geral por estados, o título ficou com o Rio de Janeiro, enquanto o Paraná ficou com a segunda colocação. São Paulo encerrou a participação em terceiro.
 
“A participação foi muito positiva, trouxemos um bom resultado”, elogiou o atleta Jhonatan Teodoro. “Para nós, foi uma bateria muito interessante para avaliar como o pessoal está se movimentando, ter um parâmetro do trabalho que vem sendo feito”, avaliou o treinador Wilson Teodoro, responsável pelo desenvolvimento do trabalho realizado na academia Company Top Fight.
 
Em Maringá, Ana Flávia (-56 kg), Hellen Ferrari (+70 kg) e Edjeferson da Silva (-75 kg) colocaram Piracicaba no lugar mais alto do pódio nas categorias K1, point fight e full contact, respectivamente. Edjeferson ainda garantiu o ouro no kick kight. Rodrigo Rondina (-75 kg) ficou com a segunda lugar colocação no low kicks, mesma posição alcançada por Vitor Wagner Mangue (-74 kg) nas categorias kick light, point fight e light contact. Julia Marques (-56 kg) e Richard Romero (-57 kg) ficaram com o bronze no light contact e no K1. Julia também foi prata no low kicks.
 
Além deles, dois lutadores da Chock Dee contribuíram para o bom rendimento piracicabano no Paraná. O jovem Isac Lucca (-52 kg) conquistou o ouro nas duas categorias que participou: light contact e kick light. Já o experiente Jampa Leibholz (-57 kg) participou de três competições e chegou ao pódio em todas. Ele foi vice-campeão no light contact e campeão no kick light, modalidades disputadas no tatame, e também garantiu a medalha de ouro no full contact, disputado no ringue.
 
“Estou muito feliz. Essa conquista teve sabor especial pelo que significou e pela dificuldade que eu tive. Não me preparei como eu gostaria, perdi 8 kg em uma semana de sofrimento, mas o choro valeu a pena. Agradeço a todas as pessoas que me ajudaram”, elogiou Jampa, que tem apoio da Gato Preto Cross-Fit e da Company Top Fight. 
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar