Estado do Rio prorroga vacinação contra sarampo e poliomielite

Estado do Rio prorroga vacinação contra sarampo e poliomielite
Fonte: Agência Brasil

Devido à baixa procura, o estado do Rio vai prorrogar a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo até o dia 15 de setembro. Até agora, a taxa de cobertura é de 55,5% contra o sarampo e de 54,6% contra a poliomielite. A meta da campanha é imunizar cerca de 812 mil crianças, que representam 95% do público-alvo. Todas as crianças de 1 ano a 5 incompletos devem ser vacinadas, com exceção daquelas que foram imunizadas há menos de 30 dias.

De acordo com o Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde, a recomendação para a proteção contra a pólio é de três doses da VIP (Vacina Inativa da Poliomielite) até 1 ano de idade. A partir de 1 ano, até menos de 5,  as crianças que já tiverem tomado uma ou mais doses, receberão a vacina oral da poliomielite, a chamada gotinha. No caso do sarampo, elas receberão uma dose da tríplice viral, que protege contra a doença, além da rubéola e caxumba, independentemente da situação vacinal, desde que não tenham sido imunizadas nos últimos 30 dias.

Poliomielite

A vacina contra a pólio é segura e protege contra os dois sorotipos do poliovírus 1 e 3. Crianças com comprometimento imunológico devem ser avaliadas antes de tomar a vacina. De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil está livre da poliomielite desde 1990, portanto é fundamental que a população procure os postos de vacinação

Sarampo

Este ano, 18 casos de sarampo foram confirmados no estado do Rio, sendo 15 na capital, dois em Duque de Caxias e um em Niterói.

A proteção contra o sarampo é feita com as vacinas Tríplice Viral e Tetra Viral, disponíveis, conforme o calendário do Ministério da Saúde, para a faixa entre 12 meses e 15 meses. Devem ser vacinadas as crianças entre 1 ano e menores de 5, mesmo que já tenham tomado as duas doses. Os adultos de até 49 anos que já tomaram duas doses não devem ser imunizados novamente.

Município do Rio

Até o dia 29 de agosto, as unidades da Secretaria Municipal de Saúde aplicaram 191.430 doses da vacina tríplice viral e 179.433 da poliomielite. A cobertura da campanha está em 63,7% para a primeira e 59,7% para a segunda.

A vacinação pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, em mais de 200 unidades de Atenção Primária (clínicas da Família e centros municipais de Saúde).

As ações de prevenção e controle contribuíram para manter o país livre de circulação do Poliovírus selvagem. Desde 1990, não há casos registrados da doença no país, mas a redução das taxas de cobertura vacinal em algumas cidades brasileiras vem causando preocupação às autoridades sanitárias. Já o sarampo tem 15 casos confirmados este ano no município do Rio.

As contraindicações para as duas vacinas são hipersensibilidade grave a algum componente do produto, imunodeficiência e história de evento adverso grave em dose anterior da vacina. É Importante levar a Caderneta de Vacinação.

Estado do Rio prorroga vacinação contra sarampo e poliomielite