Estado pretende vacinar 350 mil contra a gripe

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo inicia na próxima segunda-feira (23), em parceria com os municípios, a campanha de vacinação contra gripe. A expectativa é vacinar contra o vírus Influenza 10,7 milhões de paulistas, o que corresponde à meta de 90% da população-alvo da campanha. Na região de Piracicaba, 350,4 mil pessoas devem ser imunizadas. Na cidade, conforme explicou a pasta local da Saúde, cerca de 84 mil devem receber a vacina. “O lançamento oficial da campanha será às 14 horas de segunda-feira (23), no Lar Betel”, informou.
 
Considerando apenas a região de Piracicaba, a população-alvo total abrange mais de 174 mil idosos, ou seja, pessoas com 60 anos ou mais; mais de 79 mil pessoas com comorbidades, como asma, diabetes, imunodeprimidos e outros; aproximadamente 82 mil crianças com idade a partir de seis meses e até cinco anos; cerca de 35 mil de profissionais de saúde; mais de 14 mil gestantes e 2 mil puérperas (com até 45 dias após o parto), entre outros. “A campanha ainda conta com o ‘Dia D’ de vacinação, em 12 de maio, quando os postos de saúde funcionarão no sábado, das 8h às 17h”, destaca a pasta estadual.
 
 
CASOS – Conforme preconiza o Ministério da Saúde, somente casos de gripe grave, caracterizados como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), independentemente do tipo, são de notificação obrigatória no Brasil. Em 2018, até o momento, foram notificados 65 casos de SRAG no Estado de São Paulo atribuíveis ao vírus Influenza, causador de gripes, e 11 óbitos. Desse total, foram relacionados ao vírus A (H3N2) 19 casos e 3 óbitos. Em 2017, foram 1.021 casos e 200 óbitos, cerca de metade relacionados ao H3N2 562 casos e 99 mortes.