Evento In Fight Muay Thai termina com cinturões mantidos

Luiz Henrique manteve cinturão tailandês concedido pela Pairojnoi Muay Thai PMIF (Foto: Rei Fight) Luiz Henrique manteve cinturão tailandês concedido pela Pairojnoi Muay Thai PMIF (Foto: Rei Fight)

Com a casa cheia e quase 40 lutas de bom nível técnico, a 12ª edição do In Fight Muay Thai foi realizada no último sábado (16), em Piracicaba. Na ocasião, três cinturões foram colocados em jogo. Matheus Vinícius, de Tietê, ficou com o título na categoria 60 kg, enquanto Ícaro Loucura levou para Bragança Paulista o cinturão dos 71 kg. Na luta principal da noite, Luiz Henrique manteve cinturão tailandês concedido pela Pairojnoi Muay Thai PMIF, categoria 67 kg, ao derrotar por pontos o desafiante Samuel Paiva.

“A luta principal teve cinco rounds de três minutos e foi disputadíssima, um verdadeiro espetáculo para o público de Piracicaba”, afirmou Luis Reginaldo Pezzato, o Régis Muay Thai, organizador do evento. A equipe piracicabana teve como destaques os triunfos de Joice Mendes e Vinicius Piza. Lucas Oliveira ‘Mão de Pedra’ enfrentaria João Samurai, de São Paulo, pela categoria dos pesados, mas o adversário não subiu ao ringue, dando a vitória por WO para o atleta de Piracicaba.

“No geral, a avaliação é muito positiva. Apesar da forte chuva, o público compareceu em excelente número. A cada golpe dos atletas, o público foi ao delírio (risos). Para nós, foi emocionante. Ficamos muito felizes ao proporcionar lutas amadoras, semi profissionais e profissionais. Piracicaba está se tornando referência no muay thai tradicional, nós seguimos aqui as regras tailandesas. Além disso, trouxemos excelentes atletas e também reunimos treinadores conceituados”, destacou Régis.

Com o calendário cheio na sequência da temporada, Régis Muay Thai espera que 2019 seja tão produtivo quanto o ano passado. “O ano de 2018 foi ótimo para nós, lutamos bastante, aprendemos e vencemos. Foi um ciclo bastante produtivo e queremos dar continuidade. Hoje, temos cerca de 25 atletas de competição”, finalizou.

Líder Esportes