Exercício e o antienvelhecimento

Sabemos que a atividade física é indicada para uma série de fatores, desde a prevenção ao tratamento de doenças crônicas. Desde os primórdios da nossa existência “caçávamos” e realizávamos atividades físicas em busca da sobrevivência. Com a evolução da medicina a pouco mais de um século, a expectativa de vida nos últimos 150 anos dobraram. Aliada a isso, o papel da atividade física tem se tornado essencial para este aumento.

O exercício físico tem se tornado o melhor meio de retardar e prevenir doenças relacionadas às consequências do envelhecimento e melhora da saúde e do bem estar. Ao realizar a atividade física o corpo mantém uma série de funções de forma integrada, ocorrendo alterações para melhorar a parte músculo esquelética, cardiorrespiratória, hematológica, neurológica e do sistema endócrino. Todas funções são preservadas e tendem a levar a pessoa a uma maior expectativa de vida.

O envelhecimento é um processo natural e fisiológico do nosso corpo que se potencializa a partir dos 30 anos de idade. Este envelhecimento pode ser influenciado de acordo com os seus hábitos de vida e da forma como vive, podendo ser acelerado ou adiado. Inúmeras pesquisas mostram que a atividade física regular, sempre orientada, é a melhor maneira de retardar a prevenir as consequências do envelhecimento, isso ocorrendo, independente da idade, sexo, saúde ou até condição física da pessoa.

Ao contrário, a falta de atividade física acelera claramente o processo de envelhecimento, principalmente com hábitos ruins de vida, como o tabagismo, uso de bebidas ou drogas, falta de exercício entre outros. Um importante estudo publicado na Revista Circulation mostra que a atividade física é eficaz no processo anti-inflamatório do corpo. Essa inflamação é uma das principais responsáveis pelo aparecimento de doenças relacionadas ao envelhecimento.

Para finalizar é importante que você inicie a prática. Primeiramente vá ao médico para ver suas condições de saúde. Depois procure a orientação de um professor de educação física para realizar um programa de exercícios adequado a sua realidade. E por último, busque um nutricionista, pois através da alimentação também podemos ter a capacidade de rejuvenescer. Essa tríade é muito importante para que envelheça bem, disposto, com saúde e sempre com autonomia. Até a próxima!