Falsa candidatura de Barjas circula nas redes sociais

Uma fake news (notícia falsa) compartilhada ontem através de redes sociais colocava o prefeito Barjas Negri (PSDB) como pré-candidato a deputado federal. O print (captura de tela) com o texto chegou a ser compartilhado por figuras da política piracicabana, como a presidente do PT na cidade, Penéloti Chirelli Mendes. Tanto o PSDB local quanto a prefeitura afirmaram que a informação é falsa.
 
Pela apuração do JP, a notícia falsa apareceu no Facebook pela primeira vez por volta das 9h de ontem. Em “padrão jornalístico”, o texto afirmava que Barjas tinha anunciado sua pré-candidatura durante um evento no “fim de semana” na cidade de Iracemápolis. Havia ainda um perfil da carreira do político e até mesmo três declarações atribuídas ao prefeito.
 
“Eu já tenho minha vida decidida, sou pré-candidato a deputado federal, porque entendo que a partir do ano que vem teremos um Brasil novo. Após a operação Lava Jato, muitos bacanas colarinho branco estarão na cadeia. Vamos ter um presidente novo e um congresso novo, aí sim, vai ficar interessante ser deputado federal”, traz uma das supostas declarações.
 
A publicação foi compartilhada por figuras políticas da cidade, como a presidente local do PT, Penéloti Chirelli Mendes. “Será o objetivo ser realmente Dep Federal ou apenas sendo eleito conseguir o foro privilegiado??? Essa é uma boa pergunta, se pretendia deixar a prefeitura porque a disputou???”, escreveu a petista, que também usou a hashtag #TucanosAbandonamPrefeituras. Recentemente, o tucano João Doria oficializou que é pré-candidato ao governo do Estado, e terá que se afastar do cargo de prefeito da cidade de São Paulo.
 
De acordo com o presidente do PSDB em Piracicaba, Camilo Antonio Barioni, a informação é completamente falsa. Ele afirma também que o prefeito não esteve em Iracemápolis no final de semana.
 
“Isso aí deve ser fake news. Durante o fim de semana, Barjas não esteve em Iracemápolis. Ontem de manhã ele foi no evento regional do PSDB em Piracicaba e logo depois foi para Brasília, para visitar ministérios, algo que já estava agendando há um mês”, afirmou Barioni. A Prefeitura de Piracicaba reforçou apenas que a informação é falsa. 
 
A reportagem do JP localizou um suposto autor da mensagem. As buscas na rede social pelo conteúdo do texto aparecem originalmente em publicações dele, que chegou a compartilhar o texto em um grupo de política piracicabana. 
 
Questionado via Facebook, ele afirmou que não era o autor do texto, e que também tinha encontrado o conteúdo no Facebook. Ele chegou a dizer que iria encaminhar o link original para o JP, o que não aconteceu até o fechamento desta edição.