Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial

Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Fonte: Agência Brasil

Famílias de baixa renda que moram em Brumadinho (MG) começaram receber o auxílio emergencial de uma parcela no valor de R$ 600.  O auxílio é destinado aos beneficiários do Bolsa Família, do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e da Renda Mensal Vitalícia e foi definido em medida provisória após o rompimento da barragem de rejeitos de mineração na cidade.

O valor começou ser pago ontem (16), de acordo com o Ministério da Cidadania. Os saques seguem o calendário de pagamento do Bolsa Família e devem ser feitos em até 180 dias após a data que o crédito for disponibilizado.

A estimativa do ministério é de que 1.505 famílias recebam o auxílio e devem ser injetados R$ 903 mil na economia local.

Portaria

Portaria publicada pelo Ministério da Cidadania na edição de hoje (17) do Diário Oficial da União trata da operacionalização dos procedimentos para o pagamento do benefício.

O texto da portaria define que o auxílio será pago às famílias que moram em Brumadinho e constavam como beneficiárias do Bolsa Família em janeiro de 2019 e aos beneficiários do Benefício de Prestação Continuada e da Renda Mensal Vitalícia residentes em Brumadinho com benefícios ativo em janeiro de 2019. Também registra que as parcelas do auxílio poderão ser pagas cumulativamente aos beneficiários dos programas citados.

Os beneficiários do Bolsa Família vão receber o auxílio pela Caixa Econômica Federal. O pagamento do Benefício de Prestação Continuada e da Renda Mensal Vitalícia será operacionalizado pelo Instituto Nacional do Seguro Social.

A cidade de Brumadinho sofre os efeitos sociais e econômicos do rompimento de uma barragem com rejeitos de mineração ocorrida no dia 25 de janeiro.

Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial