Famílias que pedalam juntas como incentivo ao esporte

esporte Garotada tem ponto de encontro confirmado com a diversão. ( Divulgação)

Para muitas pessoas pedalar em família pode ser muito divertido. Além de ser uma excelente forma de exercitar-se, a atividade em família proporciona bons momentos ao lado de entes queridos e possibilita o desfrutar de ar fresco e a contemplação de aspectos da cidade que dificilmente seriam notados pelas janelas de um automóvel.

Foi pensando nisso que Gabriel Ferreira, 36, proprietário do Bike Hotel Sports, uma franquia que hospeda bicicleta, realiza e incentiva eventos voltados a prática esportiva, criou em 2013 o grupo ‘Pedal Café com Leite, formado por famílias, grupo de amigos e conhecidos que querem se exercitar ao ar livre.

“O Bike Hotel se tornou um ponto de encontro para quem deseja pedalar em grupo. Não tem nenhum custo e contamos com voluntários treinados que auxiliam as pessoas que estão iniciando com dicas de segurança no trânsito, troca de marcha, bike adequada ao seu tamanho e aquela ajudinha na subida”, explica Ferreira.

O proprietário do Bike Hotel pratica o ciclismo em família junto com a esposa, Cássia Fossaluza Ferreira, 37 e a filha, de 11 anos. “Passei ter mais momentos com a minha família e incentivar a minha filha a praticar esporte. É um momento de lazer e de superação de todos, um incentivando o outro, a sensação é de liberdade e volta à infância”, declarou Cássia.

Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da esposa, o bancário Claudinei Kalil Kandalaft, 48, adquiriu o hábito de andar de bicicleta, em novembro de 2017. “Minha esposa foi diagnosticada com um tumor no pulmão, passou por três cirurgias e o médico recomendou a prática de exercícios para uma total recuperação. Para incentivar a minha esposa comecei a pedalar junto com ela, aos poucos, e hoje já pedalamos até 100 km. Ela está totalmente curada em um tempo muito inferior ao que o médico previa”, relatou Claudinei.

Ele relata uma série de transformações que a prática do exercício ocasionou em sua vida. “Tenho um trabalho estressante, tinha muitas dores no corpo, precisava tomar remédio para dormir, depois que comecei a pedalar as dores sumiram, não preciso mais de remédio, sou um novo homem”, afirmou o bancário. “Além de tudo, conheço lugares novos com muita frequência, nem sabia que Piracicaba tinha tantos lugares lindos” declarou.

Roberta Santiago, sempre gostou de pedalar mas o sentimento foi intensificado após descobrir o Bike Hotel. “ Toda quinta à noite, sábado e domingo pela manhã, meu marido e eu saímos com as nossas crianças, de nove e sete anos para andar de bicicleta. As crianças puderam conhecer novos amigos e a vontade de pedalar aumenta a cada dia”, contou Roberta.

O eletricista Ivo Mateus Ribeiro dos Santos, 30, percebeu que a união entre a família aumentou consideravelmente após a prática conjunta do exercício. “Quase não praticávamos esportes, percebemos que o ciclismo nos uniu. Descobrimos algo que todos gostam de fazer e o resultado foi muito satisfatório”, afirmou o eletricista.

(Raquel Soares)