Fausto Longo assume cadeira de deputado na Itália

O ex-vereador de Piracicaba Fausto Longo assume hoje a cadeira na Câmara dos Deputados no Parlamento Italiano, depois que teve confirmação de sua eleição nesta semana. De acordo com a assessoria do parlamentar, embora a votação tenha ocorrido há mais de 15 dias, a contagem das cédulas havia sido suspensa devido a um recurso impetrado no Tribunal de Roma. Apenas nesta semana, Longo recebeu a confirmação oficial de que seu nome constava na lista dos eleitos.
Feliz pela vitória, Longo aproveitou a oportunidade para criticar o sistema eleitoral italiano. “Não dá para acreditar que em plena segunda década do século XXI nos deparamos com um processo eleitoral tão frágil e sujeito a possíveis manipulações irregulares ou fraudes. Agora, com nosso acesso à Câmara, vamos poder colaborar com formas democráticas mais eficazes, especialmente para os compatriotas que vivem no exterior”, afirmou o parlamentar.
A baixa presença de eleitores foi outro fator que comprometeu o processo eleitoral no exterior. Dos 390 mil cidadãos aptos a votar no Brasil, somente 82 mil exerceram seu direito e votaram. “Muitos eleitores nem chegaram a receber as cédulas, outros não tiveram seu voto contabilizado porque o envelope não chegou a tempo no Consulado. No entanto, mesmo com a ineficácia da distribuição das cédulas, não se justifica uma abstenção dessas proporções”, disse Longo.
Filiado ao PSI (Partido Socialista Italiano), Longo foi eleito pela coligação com o PD (Partido Democrático). O brasileiro Luis Roberto Lorenzato, eleito pela coalizão da Liga Norte com os partidos Força Itália (FI), de Silvio Berlusconi, e Irmãos da Itália (FDI), também ocupará um lugar na Câmara.
As duas vagas restantes destinadas para líderes da América do Sul ficarão com os argentinos Mario Alejandro Borghese, do Movimento Associativo dos Italianos no Exterior (Maie), e Eugenio Sangregorio, da União Sul-Americana dos Emigrados Italianos (Usei). As cadeiras do Senado para esta circunscrição também serão ocupadas por argentinos nesta Legislatura. Foram eleitos Ricardo Merlo (Maie), que vai para seu quarto mandato, e Adriano Cario (Usei).
Longo se colocou à disposição dos cidadãos italianos que vivem no Brasil. “Espero poder colaborar com formas democráticas mais eficazes, especialmente para os italianos que vivem no exterior. Mais uma vez agradeço a todos que acreditaram em mim. O trabalho está apenas começando”, disse.
O Jornal de Piracicaba está publicando matérias com todos os candidatos a deputado estadual e federal, cujo domínio eleitoral seja a cidade de Piracicaba. Isso para obedecer ao Princípio da Isonomia e não privilegiar a exposição de um candidato em detrimento a outro.