Feirão da Caixa tem 169 imóveis à venda na região

venda Imóveis estão com os preços abaixo do mercado. (Arquivo/JP)

A CEF (Caixa Econômica Federal) iniciou ontem a 2ª Semana de Imóveis Caixa. No total, serão 18 mil imóveis usados ofertados em condições especiais através das modalidades leilão, licitação aberta, venda direta ou venda online. Na região de Piracicaba, de acordo com a instituição, serão 169 imóveis disponibilizados, dos quais 30 deles ficam em Piracicaba. Durante a semana, as sessões de leilões e disputa aberta possibilitarão aos visitantes visualizar o processo e ofertar lances. Centenas de casas, apartamentos, salas comerciais e terrenos de propriedade da CEF estarão disponíveis com preços abaixo do valor de mercado. O evento começou ontem e segue até a sexta-feira (17) em Piracicaba e diversas cidades do país.

De acordo com as informações da Caixa, no Estado de São Paulo, são 2.877 imóveis disponíveis. Na região de Piracicaba são ofertados 92 imóveis na modalidade venda direta e 77 nas demais modalidades de venda, com destaque para os municípios de Piracicaba (30 imóveis) e São Carlos (16 imóveis). O imóvel de menor valor ofertado na região é um apartamento de dois quartos em Itapira, com preço mínimo de R$ 1.150.

Além de ter acesso a folhetos com os destaques da sua localidade, os visitantes da 2ª Semana de Imóveis Caixa contarão com o apoio de funcionários do banco para auxiliar em consultas ao site www.caixa.gov.br/ximóveis e fornecer outras informações, inclusive fotos e peculiaridades dos imóveis. O cliente também poderá contar com o apoio dos corretores credenciados que prestarão auxílio especializado para compra dos imóveis.

Na agência Cidade Alta, em Piracicaba, haverá atendimento presencial aos interessados, por corretores contratados pela Caixa. A unidade fica na avenida Independência, 1961 – bairro Alto (esquina com a Rua XV de Novembro).

Segundo a assessoria de imprensa, as principais vantagens de adquirir um imóvel Caixa são a possibilidade de financiamento em todas as modalidades de compra, a garantia de um imóvel com documentação regular e o saldo do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pode ser usado na compra, desde que obedecidas as regras do fundo.

Qualquer pessoa física ou jurídica pode comprar os imóveis ofertados pela instituição, com exceção dos empregados vinculados às áreas de alienação e avaliação dos imóveis e dirigentes da instituição, bem como seus parentes diretos. Para conhecer a lista completa dos imóveis disponíveis, é só acessar www.caixa.gov.br/ximóveis

(Beto Silva)