Felipão aprova o empate e Cuca lamenta ‘gol espírita’

Em seu terceiro jogo em 2019, São Paulo e Palmeiras empataram pela terceira vez (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

São Paulo e Palmeiras empataram por 1 a 1 em clássico disputado no último sábado (13), no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Pablo no primeiro tempo abriu o placar para o Tricolor, enquanto que Dudu, na segunda etapa, fez o gol de empate do Alviverde. Na coletiva pós-jogo, o técnico do São Paulo, Cuca, lamentou o empate, já que em sua visão sua equipe teve mais e levou o gol em uma infelicidade da defesa. Já Felipão, treinador do Palmeiras, disse que o empate foi correto, já que em sua opinião os times se revezaram no controle da partida.

Foi um pecado não vencer a partida pelo primeiro tempo que fizemos. Criamos bastante, saímos na frente e tivemos o controle. Aí vem o segundo tempo, reúno os jogadores e falo que não podemos perder o controle do jogo e temos que matar o jogo. O Palmeiras teve uma sorte incrível, um gol espírita. Lamentável. Não era o que a gente queria. Apesar do Palmeiras ter tido mais posse de bola no segundo tempo, nós tivemos mais chances”, analisou o técnico Cuca após a partida.

Nos primeiros 25 minutos, realmente o São Paulo organizou, mandou e fez o seu gol. Depois dos 25 minutos, a nossa zaga começou a sair para buscar o centroavante, teve a troca de posição do Pato com o Pablo, e aí nós conseguimos regularizar a situação e o jogo ficou normal. Não tivemos mais problemas. No segundo tempo, nós não tivemos mais problemas. Fomos um pouco melhor e conseguimos o gol. O empate foi o correto”, comentou Felipão, o técnico do Alviverde.

Goleiro Tiago Volpi lamenta o gol sofrido, para a alegria de Deyverson (Foto: Divulgação)

Com o resultado, o Palmeiras continua na liderança da competição, com 26 pontos e completou 33 jogos sem perder em Campeonatos Brasileiros, porém a diferença para o segundo colocado Santos, caiu de cinco para três pontos. O São Paulo continua em nono lugar, com 15 pontos. Na próxima rodada, o Verdão enfrenta o Ceará, no próximo sábado (20), às 19h, no Castelão, em Fortaleza. O Tricolor joga contra a Chapecoense, na próxima segunda-feira (22), às 20h, novamente no Morumbi. No meio de semana, o Palmeiras joga contra o Internacional, na quarta-feira (17), às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

OS GOLS

No primeiro tempo, com uma equipe leve e ofensiva, o Tricolor partiu para cima e controlou o jogo no começo e foi recompensado logo aos 9 minutos. O atacante Pablo, de volta após retirada de um cisto na região lombar que o afastou por 14 partidas, se antecipou a marcação e aproveitou o cruzamento de Hernanes para abrir o placar para o Tricolor. Foi o primeiro gol do centroavante no Morumbi.

No segundo tempo, o Verdão chegou ao empate aos 25 minutos. O atacante Dudu chutou de longe, a bola desviou em Reinaldo, encobriu Tiago Volpi e bateu na trave. Porém a bola ricocheteou na nuca do goleiro tricolor antes de entrar e dar números finais ao jogo.

FEMININO

As quartas de final do Campeonato Brasileiro Série A2 foram disputadas neste final de semana. O Palmeiras venceu a Chapecoense por 2 a 0, no estádio Josué Annoni, em Xanxerê-SC. Os gols foram marcados por Carla Nunes e Maressa. O São Paulo foi derrotado pelo taubaté por 1 a 0, no estádio Joaquinzão, em Taubaté, gol de Rafa Marques. Nos outros jogos, o Grêmio venceu o América-MG por 2 a 1, e o cruzeiro derrotou o Ceará por 2 a 0. As quatro semifinalistas sobre para a primeira divisão do Brasileiro Feminino em 2020.

Mauro Adamoli