Felipão celebra vaga à semifinal

futebol Scolari mudou a cara do Palmeiras desde que retornou ao clube alviverde. ( Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
O Palmeiras está classificado para as semifinais da Conmebol Libertadores. Depois de vencer o Colo-Colo por 2×0 na partida de ida das quartas de final, realizada no Chile, o Verdão repetiu o placar na última quarta-feira (3), no Allianz Parque, e passou à próxima fase da competição internacional. Após o triunfo desta noite, o técnico Luiz Felipe Scolari valorizou a atuação palestrina diante dos chilenos.
“Méritos de uma equipe que se dedica. No momento em que soubemos e idealizamos um time do Colo-Colo, tivemos de fazer algumas modificações estruturais para enfrentar a forma de jogar da equipe. Conseguimos a vitória. Uma equipe que vem trabalhando sério e tentando conseguir aqueles resultados que nos levem a um possível título”, declarou o comandante, citando também o bom desempenho do atacante Borja diante do Colo-Colo. O colombiano marcou mais uma vez e chegou aos nove gols na Libertadores, empatando com o líder da artilharia do torneio.
“É um excelente jogador e, como excelente jogador, tem de continuar trabalhando para evoluir. O Borja jogou uma partida muito boa no aspecto tático, ele evoluiu 30% em relação aos outros jogos em que ele jogava de uma forma diferente. Nós precisamos do Borja jogando como sabe, mas com uma aplicação tática que muitas vezes, por não ser cobrado ou não ter sido ensinado no tempo certo, ainda tem certa dificuldade. Trabalhando nesse sentido, melhora para o Palmeiras”, completou.
O próximo compromisso do Palmeiras será neste sábado (6), às 18h, contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já no domingo (14), às 16h, será a vez de enfrentar o Grêmio, no Pacaembu, novamente pelo Nacional.
CURIOSIDADES – Não é novidade que Luiz Felipe Scolari coleciona marcas e recordes pelo Palmeiras. A classificação desta quarta-feira (3) rendeu ao atual comandante palmeirense mais um feito: Felipão é único treinador na história do Verdão a chegar em três semifinais de Libertadores – as outras foram em 1999 e 2001.
Além disso, o técnico palmeirense também segue como o treinador que por mais vezes esteve à frente do time no torneio continental (32 jogos) e que mais venceu (17 triunfos). Vale lembrar que Felipão dirigiu o Alviverde em sua única conquista da competição, em 1999, diante do Deportivo Cali-COL, nos pênaltis, em duelo disputado no antigo Palestra Itália. Agora, o ídolo visa repetir o feito em 2018.
(Agência Palmeiras)