Filhote de tamanduá bandeira vai se chamar Zara

zoo Tauane,Simone,Elisabeth e Guilherme no zoo. ( Foto: Divulgação)

Como parte das atividades  educativas promovidas pela  Sedema (Secretaria Municipal de  Defesa do Meio Ambiente), por  meio do NEA (Núcleo de Educa­ção Ambiental), o Zoológico Mu­nicipal de Piracicaba promoveu um concurso para a escolha do nome da fêmea de tamanduá  bandeira. A filhote chegou recen­temente ao Zoológico após ser  resgatada à beira de uma estrada,
sozinha.

A votação para a escolha  do nome, aberta aos visitan­tes do Zoo e do Paraíso da  Criança, ocorreu entre 12 e  14 de outubro. Os três no­mes sugeridos foram Zara  (que significa ‘flor que flo­resce‘), Potira (que significa ‘flor‘) e Banguela (sugerido  pelo fato do tamanduá não  possuir dentes). Com 227  votos, o nome mais votado  foi Zara, com 77 votos. Ban­guela em 2º lugar, com 46  votos e Potira, em 3º lugar,  com 42 votos.

Os eleitores do nome Za­ra, participaram ainda de  um sorteio para apadrinhar a filhote. A criança sorteada  foi Guilherme da Silva Rossi, 9 anos, que quarta-feira (17)  foi recebido pela bióloga do
NEA, Elisabeth Nunes Salles  e pela veterinária, Camila  Xavier, no zoo. Ele recebeu o título e certificado de padri­nho de Zara. Guilherme, aluno da escola Mario Cho­rili – localizada no bairro Primeiro de Maio, é frequenta­dor assíduo do Zoo junto  com a família – eles adoram  animais.

Acompanhado da mãe  Simone Carlos da Silva e da  irmã Tauane, Guilherme foi  ver a sua afilhada Zara.  Quando soube da história  da filhote, Guilherme co­mentou que “as pessoas  maltratam muito os animais  e a gente tem que protegê-los”.

ATIVIDADES – As ativi­dades da Semana da Crian­ça fazem parte da progra­mação para as comemora­ções do Dia do Lobo e do  Ano do Tamanduá, e acon­teceram no Museu do Zoo­lógico de Piracicaba.

(Da  Redação)