Fim de semana para entrar na história

esporte Time feminino disputa título nacional; masculino busca vaga em decisão. (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

O Piracicaba Cane Cutters terá pela frente mais um fim de semana de decisões. Neste sábado (24) e domingo (25), a equipe feminina de flag 5×5 disputará as finais do Circuito Nacional de Flag Football, em São Paulo. No domingo, às 14h, o elenco masculino de full pad enfrenta a Inter de Limeira Tomahawk, em duelo que vale uma vaga na decisão da Taça 9 de Julho. O jogo será realizado no Estádio Fernando de Marco, em Capivari. A entrada será trocada por um litro de leite.

No Circuito Nacional, as meninas do Cane Cutters têm pela frente uma maratona de cinco jogos, contra times de Brasília, Campo Grande, Rio de Janeiro e São Paulo. O primeiro desafio está agendado para sábado, contra o Antares Flag, às 10h15. Mais tarde, às 14h, a equipe piracicabana enfrenta o Jacarés do Pantanal. Na sequência, às 16h30, o adversário será o Brasília Selvagens. No domingo, o time piracicabano encara o Cobras, às 8h, e fecha a participação às 10h30, contra o Palmeiras Locomotives.

‘Já nos sentimos vitoriosas por estar nessa etapa, que é formada pelos seis melhores times do Brasil’

O momento é inédito para a equipe feminina, que pela primeira vez vai jogar as finais. As expectativas são as melhores possíveis. “O nosso maior objetivo sempre foi estar na Super Final do Nacional e conseguimos conquistar nossa vaga. Assim, já nos sentimos vitoriosas por estar nessa etapa, que é formada pelos seis melhores times do Brasil. Sabemos que as disputas serão difíceis, mas, no decorrer do ano, viemos nos preparando para conquistar esse reconhecimento no flag 5×5”, destacou a quarterback do time, Lívia Miranda, a Monts.

Nesta semana, os treinos aconteceram até quarta-feira (21). Os outros dias foram de descanso para o plantel, que também vem de uma maratona com dois jogos disputados no último domingo (18), pelos playoffs do Circuito Paulista, no qual conquistou o terceiro lugar. Além da parte física, os trabalhos psicológicos também ganham ainda mais importância na reta final da temporada. “Com certeza, a psicologia é uma grande ferramenta e sabemos que, quando a preparação não é correta, tem uma grande influência nos jogos”, finalizou Monts.

MASCULINO

Com apenas uma derrota na competição, a equipe masculina de full pad dos Cutters briga agora por uma vaga na decisão da Taça 9 de Julho. O adversário é um velho conhecido dos piracicabanos. No último dia 4, jogando com os reservas, o time perdeu por 36×0 para os limeirenses, ainda na fase classificatória. “Será um jogo muito difícil e com muita rivalidade em campo, mas estamos confiantes, estudamos muito a equipe de Limeira e sabemos das qualidades individuais dos atletas deles, e também do nosso potencial”, disse o linebacker e capitão da defesa, João Veroneze.

Segundo ele, o período de cerca de 20 dias entre a última partida e o confronto deste domingo foi importante para os ajustes e correções na equipe. “Os intervalos de jogos são muito importantes para corrigirmos os erros de posicionamento e estudar muito o adversário. Os últimos treinos foram voltados totalmente para esse jogo”, afirmou Veroneze. Além do peso do confronto, que vale vaga na decisão e consequentemente a briga por um título inédito para o time full pad, ainda há a rivalidade por se tratar de um clássico regional.

De acordo com Veroneze, a receita é manter o foco para não cair em possíveis provocações. “Devido à rivalidade dentro de campo, que já existe há um bom tempo entre Piracicaba e Limeira, venho falado para os nossos jogadores que deve existir uma linha imaginária entre a vontade e a estupidez, pois essa vontade e ansiedade excessiva podem nos atrapalhar no trabalho em campo. Estamos nos conscientizando disso nas conversas diárias”, destacou o jogador.

(Líder Esportes)