Financiamento coletivo

Vem do crowdfunding — sistema on-line colaborativo — a força para o desenvolvimento de muitas campanhas sociais. Há casos em que pais recorrem ao método para doenças graves de seus filhos, escritores que buscam a ‘vaquinha virtual’ para a impressão de livros e também algumas bandas, para a gravação do tão sonhado single ou primeiro álbum. São muitos os exemplos, mas o mais recente deles, próximo de nossa realidade, é o que foi criado para angariar recursos em prol do Primeiro Encontro Campestre de Violas, aberto ontem na Capela São Pedro, no bairro Monte Alegre, e que segue até o próximo dia 13, em Piracicaba e São Pedro.
 
Neste caso, os violistas Gabriel Marin, Alexandre Razera, Renato Bandel e Pedro Visockas (todos piracicabanos) se uniram para a realização do evento. Embora tenham conquistado a confiança de empresas e entidades, foi por meio do site Benfeitoria que atingiram a meta de R$ 30 mil. Ao todo, 137 “benfeitores” se engajaram na campanha para o Encontro de Violas e garantiram, além dos recursos para as atividades, o aprimoramento de 20 estudantes.
 
O encontro tem a proposta de “imersão”, em que os músicos, fora do ambiente acadêmico, terão aulas, conversas, palestras, saraus e momentos de lazer, concentrados no mesmo espaço. As atividades também são abertas a ouvintes e acontecem em um sítio de São Pedro.
 
Instrumentistas de carreiras consolidadas e que já frequentaram vários países, Marin, Razera, Bandel e Visockas seguem a máxima de que é preciso retribuir para a cidade em que nasceram o conhecimento adquirido e reforçar também a vocação de Piracicaba no cenário nacional da música erudita.