Força Tática liberta 3 vítimas de sequestro relâmpago

sequestro Dois assaltantes foram presos pela corporação. ( Foto: Divulgação)

Três vítimas de sequestro relâmpago foram libertadas pela Força Tática, anteontem à noite, no Jardim Paulista. Elas eram mantidas como reféns em um veículo com dois assaltantes. Após passarem perto de uma equipe da corporação, uma das vítimas pediu por socorro e os suspeitos foram abordados. No interior do carro, os policiais apreenderam uma faca e R$ 75. Os acusados foram levados ao plantão policial, onde foram autuados em flagrante sob acusação de roubo.

Por volta das 22h, os policiais estavam na avenida Madre Maria Teodora, quando avistaram um o veículo Ford Fiesta com cinco ocupantes. Um rapaz que estava no meio do banco traseiro gritou por socorro. Os policiais teriam mandado que o motorista do carro parasse o carro, mas ele acelerou e passou a fugir em alta velocidade. Os PMs avisaram o Copom (Centro de Operação da Polícia) sobre a fuga dos suspeitos, que pediu apoio de outras equipes para realizarem o cerco policial.

O motorista continuou em alta velocidade pela avenida Madre Maria Teodora e, depois, rua Dona Anésia, ultrapassando semáforo vermelho pela rua Sud Menucci, entrando na avenida Conselheiro Costa Pinto, mas perdeu o controle do veículo após bater na calçada, quebrando a roda dianteira esquerda e parando o carro. As três vítimas teriam informado que tinham sido rendidas pela dupla. Elas estavam a caminho de um caixa eletrônico, onde seriam obrigadas a fazer saques nas contas bancárias.

Os acusados foram encaminhados ao plantão policial, onde foram autuados em flagrante sob acusação de roubo pelo delegado Gillys Esquitini Scrocca. Depois foram levados para a carceragem, onde ficaram até serem apresentados à audiência de custódia. A quantia em dinheiro que pertencia as vítimas foi recuperada pelos PMs.

A Polícia Civil vai investigar se os suspeitos estariam envolvidos em outros roubos na cidade. A faca, que teria sido usada, para coagir as pessoas foi apreendida pela polícia.

(Cristiani Azanha)