Fotos de espetáculos compõem As Cores do Palco

A exposição itinerante de fotografias digitais As Cores do Palco chega ao hall do teatro do Sesi Piracicaba com a proposta de transmitir, aos visitantes da mostra, a realidade da mistura de sentidos da arte do palco e, ainda, trazer a reação sensorial do espectador sobre os espetáculos teatrais e musicais da capital paulista. Foi isso o que explicou a autora das imagens, a fotógrafa, videomaker e bióloga goiana Alessandra Fratus. Os cliques podem ser vistos na unidade, gratuitamente, até dia 22 de março, nos horários em que o espaço estiver aberto ou mediante agendamento.
 
 
As 13 fotografias que compõem As Cores do Palco são de espetáculos realizados em São Paulo entre 2007 e 2009 e retratam pessoas dançando, cantando, tocando um instrumento, entre outros movimentos peculiares de apresentações em casas culturais. De acordo com Alessandra, o intuito da iniciativa, que configura-se como o primeiro projeto autoral da profissional e já passou por mais de 20 unidades do Sesi São Paulo nos últimos cinco anos, é mostrar a experiência do espetáculo, ultrapassando os limites da visão e audição. “Para o observador, os momentos vividos da plateia passam de realidade externa à (re)composição interna, uma cadeia de ação-reação-ação, da arte do palco pelo olhar atento. O espetáculo ‘pronto’, que ‘pertence ao artista’, passa a ser, com interferência do observador, um momento de criação conjunta”, comentou.
 
 
Ela disse, ainda, que os detalhes são fundamentais no entendimento da experiência palco-observador. “A simplicidade do instante se contrapõe à complexidade interna de sentimentos e sensações derivados dela. A contemplação concentrada em uma cor, um pedaço de figurino, um som tentando extrapolar suas propriedades físicas e se tornar imagem nos leva a uma viagem por cada um dos espectadores em contato com o momento-mundo. Essa ideia de recriação da arte pelo espectador me atraiu muito, exatamente pela possibilidade de conseguir ressignificar o momento do espetáculo. Ao assisti-lo, ver um filme ou visitar uma exposição, o espectador é capaz de recriar a arte de uma maneira só sua. E essa possibilidade de produzir um registro único e intenso foi o que mais me chamou a atenção no tema”, afirmou.
 
 
AUTORA — Alessandra Fratus desenvolve trabalhos fotográficos em São Paulo com foco na fotografia digital de espetáculos e retratos. É bióloga, porém, desde 2012, dedica-se exclusivamente à produção de imagens. Trabalha como freelancer, registrando espetáculos musicais, teatrais, circenses e passionais, com o intuito de criar a “arte-documento”, além de produzir ensaios para divulgação de artistas e bandas. Hoje, a fotógrafa define o próprio trabalho como “uma aventura pessoal”.
 
 
SERVIÇO — Exposição itinerante de fotografias As Cores do Palco, de Alessandra Fratus, no Sesi (avenida Luiz Ralph Benatti, 600, Vila Industrial). Visitação: até 22 de março. Entrada gratuita. Informações e agendamento para visitas: (19) 3403-5900.