Fraga e Paulão dizem que “a ansiedade é inevitável” no XV

Próximo do jogo decisivo no Barão, atletas falam sobre as expectativas para a próxima partida. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

O XV de Piracicaba continua sua preparação para o segundo jogo da semifinal da Copa Paulista, diante do Mirassol. Titulares no jogo de ida, o zagueiro Paulão e o volante Fraga falaram sobre a qualidade da equipe em seus respectivos setores, além da ansiedade da partida.

O meio campo do XV teve diversas trocas nesta competição, com Danilo Bueno, Cássio Gabriel, Bruno Lima e Simião alternando entre a titularidade e a reserva, porém Fraga foi o único do setor que começou e continua a competição como titular. “Primeiramente considero um privilegio, já que os meios-campistas são atletas de excelente qualidade e independente de quem jogue, o time continua fluindo e desempenhando seu melhor papel”, disse o volante, ressaltando a qualidade do Mirassol, que fez dois gols no Nhô Quim em cada uma das três partidas. “Acredito que a equipe do Mirassol é bastante qualificada, porém o fato de levar dois gols é da circunstância do jogo. Temos que entrar mais concentrados em razão da circunstância do jogo, já que é uma semifinal, porém se nos empenharmos e fizermos o nosso melhor papel temos tudo sair de campo com a classificação”, explicou.

Paulão começou a competição com reserva, em razão da qualidade da dupla titular Gilberto Alemão e Douglas Marques, além de Marcel, porém teve uma sequência e foi titular nos dois últimos jogos, substituindo Douglas Marques. O defensor não sabe se estará entre os 11 iniciais no sábado, porém torce pela recuperação do companheiro de posição. “Sobre a minha sequência aguardarei, já que estou torcendo para que o Douglas se recupere, já que vem fazendo uma boa temporada e merece estar nesta fase final também. Ele é uma referência para o grupo e caso precise, estarei preparado para fazer o meu melhor”, disse Paulão, ressaltando a força do quarteto de zaga do Nhô Quim. “Esse quarteto tem muita qualidade e inteligência. É um prazer estar entre esse quatro e é fácil falar deles. Para chegar longe no campeonato necessitamos de ter um plantel deste nível. Nos classificamos em razão da necessidade de peças que qualifiquem o elenco, não apenas nos jogos, mas sim no dia a dia”, completou o zagueiro.

Por fim, os atletas falaram da ansiedade do jogo e sobre a possibilidade de serem os heróis improváveis do XV, já que nenhum dos dois balanços as redes nesta Copa Paulista. “Controlamos a questão da ansiedade, precisamos do tempo de recuperação, preparação e ajuste, porém queremos muito ver o Barão lotado e buscar a classificação, que é o nosso objetivo. Tudo pode acontecer, no jogo são muitas possibilidades e iremos nos preparar para sermos esses heróis improváveis”, disse Paulão. “A expectativa é imensa, acredito que o jogador de futebol preza por esse momento de decisão, de estar entre os melhores. A ansiedade é inevitável, mas temos que controlar. Quanto ao herói improvável, quem sabe não sai um golzinho…”, completou Fraga.

Mauro Adamoli

[email protected]