Frentes frias vindas do Sul causam chuvas

 
Piracicaba está na fase de transição do Verão para o Outono, que começa na próxima terça-feira no Brasil, e sofre com os efeitos desta mudança de estação. As frentes frias se intensificam um pouco mais no Sul do País, causam temporais nessa região e avançam sobre o Estado de São Paulo. A precipitação registrada ontem à tarde contribuiu para derrubar as temperaturas, que atingiram o ápice anteontem, com 34,9 graus. 
 
Segundo o professor do Departamento de Engenharia de Biossistemas da Esalq/USP, Felipe Gustavo Pilau, com a entrada da nova estação, a umidade que vem da Amazônia deixa de influenciar as chuvas na região. As chuvas no Outono e Inverno são causadas pelas frentes frias provenientes da região Sul. 
 
Neste mês, o índice pluviométrico foi de 73mm, metade do esperado para o mês, de 131mm. Segundo o Climatempo, a previsão é de chuvas em determinados períodos do dia hoje e sábado, com temperatura mínima de 21 graus e máxima de 31 graus. Segundo Pilau, nos últimos dias as temperaturas ficaram acima de 30 graus. 
 
“Uma massa de ar quente e seco estava sobre a região. Como não tinha chuva, não amenizava o calor”, avaliou o professor. Fevereiro foi um mês extremamente seco, avaliou o professor. Mês passado choveu apenas 71mm, quando o esperado para o mês era de 190mm. Com o calor intenso, a umidade não era suficiente para formar a chuva. Na avaliação do professor, voltou a chover em março, mas ainda não é possível dizer se a média histórica para o mês será atingida.
 
Para quem quer informações em tempo real sobre as chuvas, o professor indicou o aplicativo gratuito SOS Chuva, que funciona com vários radares metereológicas, que informam em tempo real, a ocorrência de precipitações no município. Os usuários também podem notificar pelo aplicativo o registro de chuvas fortes, granizo e alagamento.
 
O volume de chuvas não foi expressivo ontem, segundo o coordenador da Defesa Civil, Odair Melo. “Foi uma chuva típica de verão, de final de tarde. Choveu em pontos isolados”, informou. Não houve registro de incidentes e nem alagamentos. Como a previsão ainda é de temperaturas altas para os próximos dias, Melo dá dicas para enfrentar o calor. Ficar à sombra, se hidratar bem, evitar praticar exercícios entre às 10h e 16h e se proteger com protetor solar são algumas das sugestões.