• Fuzil apreendido em tentativa de roubo pode atravessar dois carros-fortes
  • Fuzil apreendido em tentativa de roubo pode atravessar dois carros-fortes
  • Fuzil apreendido em tentativa de roubo pode atravessar dois carros-fortes
  • Fuzil apreendido em tentativa de roubo pode atravessar dois carros-fortes
  • Fuzil apreendido em tentativa de roubo pode atravessar dois carros-fortes

Fuzil apreendido em tentativa de roubo pode atravessar dois carros-fortes

Fuzil apreendido atravessa blindagem militar (Divulgação/PM)

A Polícia Militar apreendeu um fuzil ponto 50, considerado um dos mais poderosos do mundo e capaz de atravessar dois carros-fortes. Segundo especialistas, trata-se de uma arma de guerra, de alta precisão usada para derrubar helicópteros e atravessa até mesmo blindagem militar. Pode atingir um alvo a aproximadamente 1,5 km de distância. O fuzil foi usado na noite desta segunda-feira (11) durante uma tentativa de roubo ao carro forte da empresa de valores Protege, no quilômetro 151, da Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304) na divisa de Piracicaba a Santa Bárbara d’Oeste. Os vigilantes reagiram a abordagem e um dos tiros acertou o pneu de um Range Rover Evoque, que era ocupado pelo bando. O fuzil foi abandonado no interior do veículo, onde também foram deixados 500 munições de vários calibres e duas bananas de dinamite.
Policiais militares de Piracicaba, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e PM Rodoviária participaram do cerco as criminosos, que ocorreu por volta das 21h30. A rodovia foi interditada nos dois sentidos. Somente por volta das 23h30, o trânsito passou a ser desviado pelo distrito de Tupi.
A TENTATIVA
Por volta das 21h, o motorista do carro-forte saiu de |Piracicaba com destino a Campinas, quando percebeu que o condutor de um Evoque, que estaria no acostamento da SP-304, acessou repentinamente a rodovia e passou a acompanhá-los em alta velocidade. Ele chegou a emparelhar o veículo com o carro-forte e passaram a atirar. Os vigilantes revidaram e um dos tiros atingiu o pneu do carro dos suspeitos. O veículo diminuiu a marcha e o motorista do carro-forte conseguiu escapar da ação criminosa. Depois seguiram até a sede da empresa, onde conseguiram deixar o dinheiro transportado.
Um dos vigilantes sofreu um disparo acidental no pé durante a troca de armas usadas durante o confronto com os criminosos. Ele foi socorrido ao Hospital Mário Gatti, em Campinas, onde permanece internado.
Os outros três vigilantes que estavam no carro-forte retornaram ao Plantão Policial de Piracicaba para apresentarem as armas usadas na ação. Todos tiveram as identidades preservadas pela Polícia Civil.
O caso será apurado posteriormente pelos policiais civis da DIG (Delegacia de Investigações Gerais). Por enquanto a polícia ainda não tem pistas sobre a identidade no bando. No interior do carro usado por eles, os policiais encontraram uma impressão digital deixada na lente de um óculos localizado no carro, além de uma mochila com protetores auriculares, que pode ter material genético usado pelos peritos criminais na tentativa de identificar os suspeitos.

Cristiani Azanha